A Biomm comunica que foi constatado prejuízo no montante total de R$ 70.767.358,18, o qual foi inteiramente destinado à conta de prejuízos acumulados da Companhia.
O comunicado foi feito pela empresa (BOV:BIOM3) nesta sexta-feira (30). Confira o documento na íntegra.
Sendo assim, a razão pela qual não houve distribuição de lucros e dividendos, restando prejudicado o pagamento do dividendo obrigatório por ser incompatível com a situação financeira da Companhia.
A Biomm pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 14 de maio.

Prejuízo consolidado de R$ 70,7 milhões em 2020, alta de 27%

A Biomm, pioneira no setor de biomedicamentos no Brasil, reportou um prejuízo consolidado no ano de 2020 de R$ 70,767 milhões, alta de 27% sobre o prejuízo de 2019 de R$ 55,812 milhões.

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

A empresa registrou crescimento de 5,5 vezes da sua receita líquida, alcançando a marca de R$ 58,6 milhões em 2020, ante R﹩ 8,9 milhões em 2019, em seu primeiro ano completo de vendas. 

Segundo a companhia, esse expressivo aumento se deve ao início da comercialização de medicamentos a partir de novembro de 2019, com o início das vendas do Herzuma, medicamento oncológico usado no tratamento do câncer de mama.

BIOMM ON (BOV:BIOM3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Nov 2021 até Dez 2021 Click aqui para mais gráficos BIOMM ON.
BIOMM ON (BOV:BIOM3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2020 até Dez 2021 Click aqui para mais gráficos BIOMM ON.