A Allpark, dona da rede de estacionamentos Estapar, registrou prejuízo líquido de R$ 64,6 milhões no primeiro trimestre, uma alta de 155% ante o prejuízo de R$ 25,3 milhões do mesmo período de 2020. A piora no resultado é reflexo do avanço da segunda onda da covid-19, que impactou a mobilidade nas principais cidades brasileiras.

O ebtida – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – somou R$ 38,1 milhões, redução de 48,8% ante o mesmo período de 2020. A margem Ebitda caiu 7,5 pontos percentuais (p.p.), para 23%.

A receita líquida recuou 32%, para R$ 165,5 milhões, sendo que, no período, os setores mais afetados foram os estacionamentos localizados em aeroportos, empresas de educação e áreas de lazer.

No final do trimestre, a operação da Allpark contava com 390.071 vagas distribuídas em 77 cidades e 15 Estados, 0,7% menor em relação ao registrado ao final de março do ano passado.

A empresa tem conseguido retomar os seus negócios. No primeiro trimestre deste ano, 93,2% das operações off-street já estavam funcionando, uma leve queda contra o último trimestre do ano passado, que ficou em 95,3%. Já nas operações on-street a empresa tem 100% da sua operação aberta.

A dívida líquida da empresa fechou o primeiro trimestre deste ano em R$ 854,4 milhões, contra R$ 406 milhões em igual trimestre de 2020.

Os resultados da Allpark – Estapar (BOV:ALPK3) referente suas operações do primeiro trimestre de 2021 foram divulgados no dia 12/05/2021. Confira o Press Release completo!

Teleconferência

A Estapar conseguiu um desconto de 90% no valor a ser pago de outorga fixa à prefeitura de São Paulo dentro da Zona Azul, sistema de estacionamento rotativo da capital paulista, disse o diretor do braço On-Street da empresa, Fernando Zillo, em teleconferência com analistas.

O executivo disse ainda que tal desconto na outorga não se enquadra como medida de reequilíbrio da concessão por causa da pandemia. “O contrato traz mecanismo de reequilíbrio em evento extraordinário. E, para o efeito de reequilíbrio, precisa comprovar a extensão. A gente ainda monitora e quantifica esses efeitos e não apresentamos pleito formal de reequilíbrio”, explicou.
Ainda conforme Zillo, o pleito será apresentado após a estabilização do mercado, que será quando o grupo conseguirá de fato quantificar o impacto.

O diretor destacou que a empresa aposta na renovação de contratos de estacionamentos rotativos que estão para vencer em Piracicaba (SP) e Vila Velha (ES).

Em Piracicaba, o contrato é de 10 anos e vence neste ano, com possibilidade de renovação por mais 10 anos. “Por mais que o primeiro ciclo encerra nesse ano, a gente tem expectativa de renovar pelo segundo ciclo”, disse.

Em Vila Velha, ele afirmou que também há espaço para se prolongar o contrato por mais um ciclo. “Estamos discutindo”, disse.

Já em Mauá (SP) o contrato será encerrado. Ele ponderou, entretanto, que, por conta da pandemia, todos os contratos estão sofrendo reequilíbrio, sendo boa parte deles pela extensão do prazo de validade, que pode se prolongar para 2022 com esse mecanismo.

A Estapar aposta em uma melhora no seu mercado já nos próximos trimestres amparada pela campanha de vacinação no país, disse o presidente da empresa, André Iasi. Segundo o executivo, o grupo já conseguiu ver sinais positivos de demanda.

O presidente também lembrou que ao longo dos últimos seis meses o grupo conseguiu levantar mais de R$ 590 milhões em dívidas, além de ter alongado vencimentos. “Parte dos compromissos futuros já estão negociados. Estamos seguros que equalizaremos tudo que tem pela frente”, disse.

Allpark Empreendimentos ... ON (BOV:ALPK3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2021 até Jan 2022 Click aqui para mais gráficos Allpark Empreendimentos ... ON.
Allpark Empreendimentos ... ON (BOV:ALPK3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jan 2021 até Jan 2022 Click aqui para mais gráficos Allpark Empreendimentos ... ON.