A Taesa informou que em continuidade aos avisos aos acionistas divulgados nos dias 29 de abril e 13 de maio de 2021, o pagamento dos proventos anunciados nessas datas ocorrerá no dia 27 de maio de 2021.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:TAEE11) (BOV:TAEE4) (BOV:TAEE3),  nesta segunda-feira (24). Confira o comunicado na íntegra.

O Conselho de Administração da Taesa aprovou em 13 de maio a distribuição de dividendos intercalar e Juros sobre o Capital Próprio  a quem tinha ações da companhia até o fim do dia 18 de maio de 2021.

No dia 29 de abril a Assembleia Geral Ordinária da Taesa aprovou o pagamento de dividendos adicionais a quem tinha ações até o fim do dia 4 de maio de 2021.

Veja os detalhes a seguir:

Total de Dividendos a pagar  R$ 561.943.908,97

Dividendos a pagar por ação R$ 0,54373071298

Dividendos a pagar por UNIT TAEE11 R$ 1,63119213894

Proventos anunciados no dia 13 de maio de 2021:

Total de Dividendos Intercalares R$ 401.572.852,08

Dividendos Intercalares por ação TAEE3/TAEE4   R$ 0,38855745153

Dividendos Intercalares por Unit TAEE11 R$ 1,16567235459

Total Juros sobre Capital Próprio (R$) R$ 65.003.941,52

Juros sobre Capital Próprio por ação TAEE3/TAEE4 R$ 0,06289709507

Juros sobre Capital Próprio por Unit TAEE11  R$ 0,18869128521

Taesa (TAEE11): lucro de R$ 555,9 milhões no 1T21, alta de 42%

A companhia de transmissão de energia Taesa divulgou lucro líquido de R$ 555,9 milhões no primeiro trimestre, crescimento de 42,1% em relação aos resultados do primeiro trimestre do ano passado.

A Taesa disse em comunicado que o avanço no lucro líquido, calculado em termos de resultado IFRS, se deve principalmente aos maiores índices macroeconômicos registrados nos períodos comparados, com efeito do IGP-M que acumulou 6,2% neste primeiro trimestre.

receita líquida da empresa, controlada pela estatal mineira Cemig e pela colombiana ISA, foi de R$ 386,4 milhões nos primeiros três meses do ano, aumento de 3,6% na comparação anual.

Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – regulatório no primeiro trimestre do ano foi de R$ 316,7 milhões, alta de 1,3% na comparação com igual período em 2020.

A companhia destacou também a consolidação das aquisições de São João, São Pedro e Lagoa Nova, e a entrada em operação da concessão de Mariana em 2020. Além disso, houve aumento de 17,9% na equivalência patrimonial, resultado também dos maiores índices macroeconômicos, que impactaram positivamente a receita de correção monetária das participações.

TAESA (BOV:TAEE11)
Gráfico Histórico do Ativo
De Out 2021 até Nov 2021 Click aqui para mais gráficos TAESA.
TAESA (BOV:TAEE11)
Gráfico Histórico do Ativo
De Nov 2020 até Nov 2021 Click aqui para mais gráficos TAESA.