O Conselho de Administração da BRF aprovou a terceira emissão de debêntures, no valor total de R$ 1 bilhão e distribuição privada. Os papéis são não conversíveis em ações, da espécie quirografária, em série única.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:BRFS3), nesta segunda-feira (31).

Serão emitidas um milhão de debêntures, com valor nominal de R$ 1.000 cada e prazo de vencimento 14 de maio de 2031, com correção pelo IPCA mais juros de 4,7843% ao ano. A remuneração será paga semestralmente, a partir de 12 de novembro de 2021 até o vencimento.

Os recursos da emissão, de acordo com a companhia, deverão ser destinados integral e exclusivamente às suas atividades como produtora rural no agronegócio, ou seja, em investimentos, custos e despesas relacionados à sua cadeia de produção e exploração de animais.

As debêntures serão vinculadas a Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA), objeto da série única da 60ª (sexagésima) emissão da Vert Companhia Securitizadora.

Lucro líquido de R$ 22 milhões no 1T21, revertendo prejuízo

A BRF, dona de Sadia e Perdigão, Saiba mais…, mas os indicadores demonstraram os desafios de repassar o aumento de custos para o consumidor final. Nos três primeiros meses de 2020, a empresa divulgou prejuízo de R$ 38 milhões.

A disparada do preço dos grãos começou a afetar os resultados da BRF de modo mais notável, pressionando as margens da empresa.

Segundo a companhia, o trimestre ainda foi impactado por gastos associados ao combate dos efeitos da covid-19, que foram de R$ 80 milhões. Excluindo-se esses impactos, haveria um lucro líquido de R$ 103 milhões.

(Informação Broadcast)

BRF S/A ON (BOV:BRFS3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2021 até Jan 2022 Click aqui para mais gráficos BRF S/A ON.
BRF S/A ON (BOV:BRFS3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jan 2021 até Jan 2022 Click aqui para mais gráficos BRF S/A ON.