A Simpar informou que sua controlada JSL assinou contrato para adquirir 100% da Transportes Marvel por R$ 245 milhões, aumentando sua participação no segmento de alimentos. O valor de R$ 100 milhões será pago na data do fechamento da transação e o saldo remanescente em 12 parcelas mensais, nos meses subsequentes à data de fechamento.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:JSLG3) nesta quinta-feira (10). Confira o comunicado na íntegra.

Segundo comunicado, a transação ampliará de forma relevante a atuação da JSL em transporte rodoviário de cargas congeladas e refrigeradas de alto valor agregado, e a representatividade do segmento de alimentos na companhia, oferecendo serviços no Brasil e outros países da América do Sul. “A combinação das operações trará uma grande oportunidade de sinergias comerciais e operacionais, especialmente pela complementariedade de sua base de clientes e rotas percorridas”, informou a empresa em nota.

A Marvel foi fundada em 1975 e oferece soluções de transporte de carga refrigeradas, congeladas e secas, principalmente ao setor alimentício, possuindo atualmente uma das maiores frotas próprias de transporte internacional de refrigerados na América do Sul, com mais de 1,1 mil ativos operacionais, com caminhões com idade média de aproximadamente 3,6 anos.

De maio de 2020 a abril de 2021, a Marvel obteve receita líquida de R$ 251 milhões, R$ 62 milhões de Ebitda e Lucro Líquido de R$ 19 milhões. Sua dívida líquida é de R$ 114 milhões, resultando em uma alavancagem de 1,8x.

A implementação do contrato está condicionada ao cumprimento de obrigações e condições precedentes usuais a esse tipo de operação, incluindo sua submissão para aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A Simpar destaca que somadas as outras quatro aquisições realizadas entre agosto de 2020 e fevereiro de 2021, a JSL adiciona, em números anualizados, R$ 1,7 bilhão à Receita Bruta da Companhia, aumentando de R$ 3,4 bilhões para um total de R$ 5,1 bilhões, um crescimento de 50%.

VISÃO DO MERCADO

BTG Pactual

O relatório aponta que a aquisição possui avaliação atraente e oferece sinergias em base de clientes e rotas, o que deve implicar em maior exposição internacional da empresa de logística aliada a margens mais altas.

Outro fator positivo seria a exposição à indústria de alimentos, um segmento “resiliente e em crescimento”, que registrou avanço de 13% no ano passado.

Os analistas Lucas Marquiori, Fernanda Recchia e Aline Gil apontam que o negócio pode acrescentar R$ 9,00 ao preço-alvo por ação da JSL ainda no período pré-sinergias.

O banco espera que a operação não receba restrições pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), considerando o mercado altamente fragmentado e a pequena sobreposição de negócios.

BTG Pactual tem recomendação de compra, com preço-alvo de R$ 13,00.

XP Investimentos 

Vemos o anúncio de aquisição da Transportes Marvel pela JSL como positivo. Acreditamos que este anúncio reforça a estratégia da empresa de crescer não apenas organicamente, mas também por meio de fusões e aquisições, consolidando o amplamente fragmentado setor de logística no Brasil.

Além disso, vemos com bons olhos o preço pago pela aquisição, com múltiplos UDM (últimos doze meses) P/L e EV/EBITDA da Marvel de 12,9x e 5,8x, respectivamente (vs. 14,9 x e 7,5x para JSL em 2021E), implicando em um potencial de geração de valor (pré-sinergia) de 1-3% em relação ao valor de mercado da JSLG3.

XP mantém recomendação de compra com preço-alvo de R$12,00…

Lucro líquido consolidado de R$ 42,1 milhões, crescimento de 348,8%

A empresa de logística JSL teve lucro líquido consolidado de R$ 42,1 milhões no primeiro trimestre de 2021, crescimento de 348,8% sobre o ganho em igual período de 2020, reflexo do foco na revisão de custos e gestão de endividamento da Companhia e também pelos resultados apresentados pela Fadel e Transmoreno no trimestre.

O resultado contempla os efeitos da amortização da alocação do preço de aquisição referente a Fadel e a Transmoreno, de R$ 5,6 milhões. Se excluirmos os efeitos dessa amortização, o lucro líquido ajustado seria de R$ 47,7 milhões.

Ebitda – juros, impostos, depreciação e amortização – ficou em R$ 64,5 milhões no primeiro trimestre deste ano, 0,6% acima do Ebitda de R$ 64,1 milhões no primeiro trimestre de 2019, como reflexo da sazonalidade e do incremento de custos, descritos acima e impacto da não desmobilização das operações que atendem ao setor automotivo, mesmo com a parada no final do trimestre.

Informações Broadcast

JSL ON (BOV:JSLG3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Set 2021 até Out 2021 Click aqui para mais gráficos JSL ON.
JSL ON (BOV:JSLG3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Out 2020 até Out 2021 Click aqui para mais gráficos JSL ON.