A CCR divulgou seu boletim semanal de tráfego nas concessões rodoviárias que administra, além do braço de mobilidade urbana e aeroportos. Nas rodovias, o tráfego total aumentou 23,6% de 11 a 17 de junho deste ano, ante o mesmo intervalo do ano passado.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:CCRO3) na sexta-feira (18). Confira o documento na íntegra.

Sem considerar as concessionárias ViaSul e ViaCosteira, houve acréscimo de 23,2%. No acumulado do ano até 17 de junho, a movimentação apresentou alta de 13,2% (consolidado) e de 12,0% (sem ViaSul e ViaCosteira).

A ViaSul iniciou a cobrança de pedágio em 15 de fevereiro de 2019 (P2 e P3) e em 9 de fevereiro de 2020 nas demais praças (P1, P4, P5, P6 e P7). Já as operações da ViaCosteira tiveram início em 02 de maio de 2021.

Entre 11 e 17 de junho, o movimento consolidado de carros de passeio cresceu 27,6% e, sem ViaSul e ViaCosteira, houve um aumento de 29,5%. Já na categoria comercial, houve altas de 21,1% e 19,4%, respectivamente. No acumulado do ano, a concessionária apurou alta de 11,0% no segmento de veículos de passeio, e alta de 10,7% sem ViaSul e ViaCosteira. Já os comerciais tiveram altas de 14,7% e 12,8%, respectivamente.

Nas concessões de mobilidade urbana, a CCR registrou um aumento de 85,4% no movimento entre 11 e 17 de junho no comparativo anual, e declínio de 17,7% no acumulado do ano.

Nos aeroportos, o movimento registrou alta de 669,9% na semana, e queda de 17,5% no ano.

VISÃO DO MERCADO

Bradesco BBI

O Bradesco BBI comentou os dados operacionais divulgados pela CCR, indicando alta de 1% no tráfego em rodovias com pedágios na semana de 11 de junho, em comparação com o mesmo período de 2019, ano anterior aos efeitos da pandemia. Em comparação com a semana imediatamente anterior, a melhora foi de 0,4 ponto percentual, que o Bradesco classifica como “pequena”.

O tráfego de passageiros em concessões urbanas caiu 43% na comparação anual, mas melhorou 4,1% na comparação semanal. Em concessões de aeroportos, caiu 47% na comparação anual, e subiu 1,5% na semanal.

Bradesco BBI mantém recomendação de compra com preço-alvo de R$ 18,00…

Lucro líquido de R$ 668,9 milhões no 1T21, alta de 137,8%

Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR) registrou lucro líquido de R$ 668,9 milhões no critério IFRS, alta de 137,8% sobre igual intervalo de 2020.

receita líquida atingiu R$ 3,4 bilhões no trimestre, alta de 44,1% na base anual, também impactada pelo reequilíbrio da ViaQuatro.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado totalizou R$ 2,5 bilhões no trimestre, 70,7% maior que o visto no mesmo período do ano anterior. O ebtida ajustado mesma base alcançou R$ 1,4 bilhão no período, queda de 6,7% na base anual.

Informações Broadcast

CCR ON (BOV:CCRO3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Ago 2021 até Set 2021 Click aqui para mais gráficos CCR ON.
CCR ON (BOV:CCRO3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Set 2020 até Set 2021 Click aqui para mais gráficos CCR ON.