A Suzano informou que foi precificada a emissão e oferta de títulos de dívida para colocação no mercado internacional por sua subsidiária integral Suzano Austria Gmb.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:SUZB3), nesta segunda-feira (28).

O valor principal de US$ 1 bilhão de dólares com yield de 3,280% ao ano e cupom de 3,125% ao ano, a serem pagos semestralmente, nos dias 15 dos meses de janeiro e julho de cada ano, a partir de 15 de janeiro de 2022 e com vencimento em 15 de janeiro de 2032.

A liquidação da operação acima citada está prevista para 01 de julho de 2021.

As Notes possuem indicador de performance ambiental (KPI) associado a uma meta de redução no consumo de água até o final de 2026, e uma meta de aumento da representatividade de mulheres ocupando posição de liderança na companhia até o final de 2025, “evidenciando o comprometimento da Suzano com o uso cada vez mais eficiente dos recursos naturais em suas operações e diversidade & inclusão, em convergência à implementação de suas Metas de Longo Prazo divulgadas em fevereiro de 2020”, explicou a empresa.

Segundo a companhia, os novos títulos de dívida caracterizam-se como sustainability-linked bonds de acordo com os princípios promulgados pela International Capital Markets Association.

“A Suzano pretende utilizar os recursos obtidos com tal oferta para pagar dívidas existentes, incluindo pagamento com relação a obrigações vincendas sob certos “acordos de pré-pagamento de exportação” (export pre-payment agreements); e a recompra facultativa pelo preço de recompra das 5,25% Senior Notes 2024, de emissão da Fibria Overseas Finance”, explicou a companhia.

Prejuízo líquido diminui 79,5% no 1T21, para R$2,76 bilhões

A Suzano, maior produtora de celulose de eucalipto do mundo, registrou prejuízo líquido de R$ 2,76 bilhões no primeiro trimestre, queda de 79,5% ante a perda de R$ 13,42 bilhões informada no mesmo período do ano passado.

A última linha do balanço é explicada pelo resultado financeiro líquido negativo em R$ 8,67 bilhões, afetado pelo impacto negativo da variação cambial e de operações com derivativos. O indicador, entretanto, registrou recuo de 61,4% ante o resultado financeiro negativo de R$ 22,44 bilhões registrado no primeiro trimestre de 2020.

receita líquida avançou 27,3% de janeiro a março, para R$ 8,89 bilhões.

SUZANO PAPEL ON (BOV:SUZB3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Nov 2021 até Dez 2021 Click aqui para mais gráficos SUZANO PAPEL ON.
SUZANO PAPEL ON (BOV:SUZB3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2020 até Dez 2021 Click aqui para mais gráficos SUZANO PAPEL ON.