A BRF comunicou que sua subsidiária BRF Pet, dedicada ao segmento de pet food, concluiu a aquisição das quotas representativas de 100% do capital social das empresas que compõem o Grupo Hercosul.

O fato relevante foi feito pela empresa  (BOV:BRFS3) na segunda-feira (02). Confira o comunicado na íntegra.

A companhia também informou que, em 22 de julho de 2021, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) emitiu despacho recomendando a aprovação sem restrições da aquisição da Mogiana Alimentos pela BRF Pet.

A concretização da operação de aquisição da Mogiana ainda aguarda o trânsito em julgado da decisão do Cade e atendimento das demais condições precedentes para o fechamento desta transação.

O preço a ser pago pela BRF Pet pela aquisição desses dois ativos é de R$ 1,350 bilhão, sujeito a ajustes, e será pago: aproximadamente 80% no fechamento e 20% a partir de um ano do fechamento das aquisições.

O nível de alavancagem financeira consolidada da companhia permanecerá de acordo com os limites prudenciais estabelecidos por sua administração.

Em decorrência das operações da Hercosul e da Mogiana, a BRF Pet promoverá a integração das novas operações de pet food, impulsionando sua estratégia comercial com foco no canal de distribuição especializado, agregando marcas fortes e trazendo importantes ganhos da sinergia, como na compra de grãos e co-produtos para a fabricação de rações.

Esses movimentos concretizam mais um importante passo rumo à “Visão 2030”, fazendo com que a BRF passe a ser um dos maiores e mais relevantes players no mercado brasileiro pet food até 2025.

A BRF pretende divulgar os resultados do 2T21 no dia 12 de agosto.

Lucro líquido de R$ 22 milhões no 1T21, revertendo prejuízo

A BRF, dona de Sadia e Perdigão, reportou ontem um lucro líquido de R$ 22 milhões no primeiro trimestre, mas os indicadores demonstraram os desafios de repassar o aumento de custos para o consumidor final. Nos três primeiros meses de 2020, a empresa divulgou prejuízo de R$ 38 milhões.

A disparada do preço dos grãos começou a afetar os resultados da BRF de modo mais notável, pressionando as margens da empresa.

Segundo a companhia, o trimestre ainda foi impactado por gastos associados ao combate dos efeitos da Covid-19, que foram de R$ 80 milhões. Excluindo-se esses impactos, haveria um lucro líquido de R$ 103 milhões.

BRF S/A ON (BOV:BRFS3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2021 até Jan 2022 Click aqui para mais gráficos BRF S/A ON.
BRF S/A ON (BOV:BRFS3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jan 2021 até Jan 2022 Click aqui para mais gráficos BRF S/A ON.