Copel recebeu do estado do Paraná, seu acionista controlador, ofício manifestando que o Estado não mais alienará valores mobiliários da Companhia na oferta pública de distribuição secundária de Units, a ser realizada pela BNDESPAR.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:CPLE6) nesta quinta-feira (30).

O Estado do Paraná manifestou que não mais alienará valores mobiliários da Companhia no âmbito da oferta pública de distribuição secundária de certificados de depósito de ações (Units), a ser realizada pela BNDESPAR, comprometeu-se a não alienar quaisquer de suas ações ou Units da Companhia até, pelo menos, 31 de dezembro de 2022 (lock-up); e solicitará a convocação da assembleia geral extraordinária para reformar o estatuto e permitir a migração ao Nível 2 de Governança Corporativa da B3, independentemente da realização e liquidação da Oferta.

Desse modo, com base no Ofício, a Copel iniciará os trâmites internos, seguindo os procedimentos de governança da Companhia, para convocar a referida AGE, permitindo assim a migração ao Nível 2.

A Copel comunicará ao mercado, tão logo receba informações, sobre a nova estrutura da Oferta sem a participação do acionista controlador.

COPEL PNB (BOV:CPLE6)
Gráfico Histórico do Ativo
De Nov 2021 até Dez 2021 Click aqui para mais gráficos COPEL PNB.
COPEL PNB (BOV:CPLE6)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2020 até Dez 2021 Click aqui para mais gráficos COPEL PNB.