A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) fechou um acordo com Antônio Carlos Tocchetto Napp, diretor de relações com investidores do grupo Dimed, para encerrar um processo administrativo em trâmite na autarquia. Napp comprometeu-se a pagar R$ 340 mil.

O processo instaurado pela Superintendência de Relações com Empresas (SEP) apurava a oscilação atípica de ações da companhia em 29 de junho de 2020, após reportagem revelar que a empresa planejava realizar uma oferta de ações que poderia chegar a R$ 800 milhões. A informação foi confirmada no mesmo dia em fato relevante.

O processo contra o grupo – formado pela rede de farmácias Panvel, pela distribuidora de medicamentos Dimed (BOV:PNVL3) (BOV:PNVL4) e pelo laboratório farmacêutico Lifar – tratava da possível infração à Lei das Sociedades por Ações, que prevê comunicação imediata de deliberação ou fato que possa influir na decisão de investidores.

A Procuradoria Federal Especializada junto à CVM concluiu não existir impedimento jurídico para a celebração do acordo. O colegiado acompanhou o Comitê de Termo de Compromisso (CTC) e aceitou o termo de compromisso.

Informações Broadcast

DIMED PN (BOV:PNVL4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jul 2022 até Ago 2022 Click aqui para mais gráficos DIMED PN.
DIMED PN (BOV:PNVL4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Ago 2021 até Ago 2022 Click aqui para mais gráficos DIMED PN.