A BRF mantém negociações com a Qatar Investment Authority (QIA) para a renovação dos termos e condições da parceria mantida na TBQ Foods GmbH (TBQ), holding que detém o controle da Banvit Bandırma Vitaminli Yem Sanayi Anonim Şirketi (Banvit), empresa que opera na Turquia.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:BRFS3) nesta terça-feira (30).

No contexto de tais negociações, foi firmado um term sheet que estende até 15 de dezembro de 2021 o período de exercício da opção de venda que garante à QIA o direito de alienar sua participação na TBQ para a BRF Foods GmbH (BRF Foods), subsidiária indireta da Companhia.

A Companhia manterá o mercado devidamente informado acerca dos desdobramentos a respeito das negociações com a QIA.

BRF (BRFS3): prejuízo líquido de R$ 271 milhões

A BRF, dona de Sadia e Perdigão, registrou prejuízo líquido de R$ 271 milhões no terceiro trimestre deste ano. No mesmo período de 2020, a companhia teve lucro líquido de R$ 219 milhões.

Segundo nota da empresa, o prejuízo líquido se deve principalmente ao resultado financeiro, “dada a atualização do valor justo da opção de venda relacionada à combinação de negócios da ‘put option’ Banvit”.

O número foi abaixo da média das projeções de analistas que previam ganho de 105,25 milhões de reais, de acordo com balanço financeiro.

A receita líquida proveniente das vendas da companhia no período somou R$ 12,390 bilhões, aumento de 24,6% sobre os R$ 9,943 bilhões do terceiro trimestre de 2020.

O ebtida – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado da BRF no terceiro trimestre do ano alcançou R$ 1,367 bilhão, avanço de 3,9% sobre o R$ 1,317 bilhão do mesmo intervalo do ano anterior. A margem Ebitda ajustado da BRF foi de 11,0%, ante 13,2% em igual trimestre do ano passado.

BRF S/A ON (BOV:BRFS3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Nov 2022 até Dez 2022 Click aqui para mais gráficos BRF S/A ON.
BRF S/A ON (BOV:BRFS3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2021 até Dez 2022 Click aqui para mais gráficos BRF S/A ON.