A B3 pediu à Oi para divulgar os procedimentos e o cronograma que serão adotados para enquadrar a cotação de suas ações em valor igual ou superior a R$ 1 até 19 de julho deste ano, ou até a data da primeira assembleia geral a ser convocada após o recebimento da notificação, o que ocorrer primeiro.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:OIBR3) (BOV:OIBR4) nesta quinta-feira (03).

A tele informou que se encontra em fase final de implementação de algumas etapas fundamentais do seu plano estratégico de transformação, e que, caso a cotação de suas ações não se enquadre de forma consistente em um patamar acima de R$ 1 com a evolução da implementação das referidas etapas, pretende propor ao conselho de administração que, por ocasião da realização da Assembleia Geral Ordinária, a ser realizada em abril de 2022, seja incluído item na ordem do dia para tratar do grupamento de suas ações.

Nesta quinta-feira, 3, a ação OIBR3 fechou valendo R$ 1,06 (+1,92%). A ação OIBR4 a R$ 1,74 (+1,75).

Pelas regras da B3, nenhuma companhia pode ser negociada por preço unitário menor que R$ 1 por mais de três meses. No caso da Oi, os papéis ficaram abaixo desse patamar entre 10 de novembro e 26 de janeiro.

Informações FinanceNews

OI PN (BOV:OIBR4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Ago 2022 até Set 2022 Click aqui para mais gráficos OI PN.
OI PN (BOV:OIBR4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Set 2021 até Set 2022 Click aqui para mais gráficos OI PN.