A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou um aumento médio de 14,68% nas contas de luz dos clientes atendidos pela Light (BOV:LIGT3), concessionária de distribuição de energia que atua no Rio de Janeiro. A empresa atende cerca de 4,5 milhões de unidades consumidoras de 37 municípios do Estado. Os novos valores passam a valer a partir desta terça.

Os efeitos do reajuste serão diferentes para cada grupo de consumidores, devido à variação dos custos que compõem as tarifas de energia.

Para os consumidores atendidos em alta tensão (como as grandes indústrias), o efeito médio será de 12,89%. Já para os residenciais, atendidos em baixa tensão, o aumento será de, em média, 15,53%.

O reajuste aprovado pela Aneel é resultado da chamada “revisão tarifária” da empresa. O processo é realizado pela agência reguladora a cada cinco ou quatro anos, a depender do contrato da distribuidora, para manter o equilíbrio econômico-financeiro da concessão. Ao longo da apuração, são analisados diversos aspectos do contrato, diferente do que acontece nos reajustes anuais.

Durante a análise do processo, o relator do processo, diretor Efrain da Cruz, afirmou que o reajuste aprovado nesta terça “não é o desejável”, pois está acima dos principais índices de inflação do País.

Ele ressaltou ainda o impacto dos encargos setoriais cobrados via contas de luz para todos os consumidores. Segundo a agência reguladora, os encargos contribuíram para um efeito médio de 6,78%.

Informações Broadcast

LIGHT ON (BOV:LIGT3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Set 2022 até Out 2022 Click aqui para mais gráficos LIGHT ON.
LIGHT ON (BOV:LIGT3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Out 2021 até Out 2022 Click aqui para mais gráficos LIGHT ON.