A Braskem registrou lucro líquido atribuído aos controladores de R$ 530 milhões no quarto trimestre de 2021, queda de 37% na comparação com um ano antes. No ano, o lucro da petroquímica somou R$ 13,9 bilhões, revertendo o prejuízo de R$ 6,69 bilhões registrados em 2020.

O resultado operacional recorrente somou R$ 6,317 bilhões no 4T21, elevação de 40% frente ao resultado do 4T20, em função dos melhores spreads internacionais de principais químicos, PE e PVC no Brasil, PP nos Estados Unidos e Europa e PE no México; e do maior volume de vendas de principais químicos e PVC no Brasil, e PP na Europa e PE no México.

Adicionalmente, a empresa informou que enviou proposta para a distribuição de dividendos adicionais no montante de R$ 1,35 bilhão, referente ao exercício social de 2021.

A receita líquida somou R$ 28,2 bilhões entre outubro e dezembro do ano passado, alta de 51% na comparação com igual etapa de 2020.

resultado operacional recorrente da companhia ficou em R$ 6,31 bilhões no quarto trimestre do ano passado, alta de 40% frente ao mesmo trimestre de 2020 e 18% abaixo do terceiro trimestre. As variações refletem depreciação do real frente ao dólar de 3,5% e 6,8%, respectivamente.

No ano, a Braskem registrou resultado operacional recorrente recorde de R$ 30,32 bilhões, 176% superior ao de 2020. A contração no lucro líquido em relação ao terceiro trimestre reflete os menores spreads internacionais com químicos, polietileno (PE) e polipropileno (PP) no Brasil, PP nos Estados Unidos e na Europa, e PE no México.

A Braskem acrescenta que os spreads ainda assim se mantiveram acima da média histórica dos últimos 10 anos. Segundo a Braskem, as vendas de PP caíram no Brasil, nos Estados Unidos e Europa, por conta de fatores sazonais, também contribuindo para pressionar o resultado.

Em dólar, o lucro líquido do 4T21 da Braskem caiu 23% frente ao terceiro trimestre e subiu 36% na comparação com o mesmo intervalo de 2020, por conta de melhora nos spreads e aumento de vendas na comparação anual.

O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 2,474 bilhões entre outubro e dezembro do ano passado, revertendo ganho financeiro de 898 milhões do mesmo período de 2020.

A geração de caixa foi de R$ 3,104 bilhões no quarto trimestre de 2021, um crescimento de 53% em relação ao mesmo trimestre de 2020,explicado, principalmente, pelo resultado operacional recorrente no trimestre e pela monetização de créditos de PIS/COFINS no valor de aproximadamente R$ 141 milhões.

Em relação ao endividamento, a companhia reduziu US$ 1,8 bilhão através do pagamento de diversas operações no mercado de capitais de dívida, atingindo R$ 6,289 bilhões.

Já na parte de investimentos, o foco da petroquímica foi em investir na manutenção dos ativos existentes, como por exemplo a parada geral de manutenção programada realizada na central petroquímica do ABC em São Paulo, e em projetos de crescimento de biopolímeros e resinas recicladas, como a expansão da capacidade de produção de eteno verde em Triunfo/RS e a nova linha de reciclagem mecânica em Indaiatuba/SP, respectivamente.

Com isso, a alavancagem corporativa, medida pela relação dívida líquida/resultado operacional recorrente em dólares, ao final de 2021 foi de 0,94x, apresentando uma redução quando comparado com alavancagem ao final de 2020, que era de 2,94x.

A Braskem anuncia que vai investir R$ 5,55 bilhões tanto no Brasil quanto no exterior em 2022.

Do montante destinado ao país, R$ 4,42 bilhões serão para operações e R$ 601 milhões para investimentos estratégicos.

Braskem Idesa

O investimento previsto para ser realizado ao longo de 2022 pela Braskem Idesa é de R$ 1,2 bilhão (US$ 0,2 bilhões). Os investimentos operacionais serão destinados, principalmente, para projetos relacionados a eficiência operacional, como a expansão da capacidade de importação de etano da solução Fast Track, manutenção, produtividade e SSMA. Já o investimento estratégico se refere ao projeto estratégico de construção de um terminal de importação de etano com um potencial parceiro no valor previsto de R$ 643 milhões (US$ 117 milhões) em 2022.

Os resultados da Braskem (BOV:BRKM3) (BOV:BRKM5) e (BOV:BRKM6) referentes às suas operações do quarto trimestre de 2022 foram divulgados no dia 17/03/2022. Confira o Press release na íntegra!

Teleconferência

Durante teleconferência, os executivos da Braskem explicaram aos analistas que, sobre os spreads petroquímicos, “dentro de um perspectiva mais macro, numa lógica de oferta e demanda, não vê mudanças (em relação ao ano passado). Não há expectativa de normalização de spreads”.

Para 2022, a Braskem prevê para o Brasil, queda nos spreads de PE (polietileno) e PP (polipropileno) de base nafta. Já o spread de PVC deve permanecer em patamares acima da média histórica recente (2016-2020).

Também nos Estados Unidos e Europa, a empresa prevê queda nos spreads de PP-propeno, porém deve permanecer em patamares acima da média histórica recente (2016-2020).

Ainda sobre o Brasil, a Braskem tem expectativa para esse ano de manutenção da produção de eteno em patamares similares aos 4T21. Já o volume de vendas, a estimativa é de um resultado similar ao ano passado, em função da disponibilidade do produto.

A empresa acrescentou que eventos no ano passado, como pandemia, levou aumento do spread acima de um patamar normal, com queda já no final do ano passado. A recuperação do spread deve ocorrer somente em 2023, segundo a Braskem.

Os chamados spreads petroquímicos é um indicador utilizado no setor que define a diferença de preço do produto (resina) e da matéria-prima (utilizada na industrialização, como a nafta). A diferença é importante para definir as margens.

Petróleo

No balanço de 2021 da Braskem, a variação do capital de giro aumentou 176%, em relação a 2020, no resultado operacional.

Segundo a empresa, o aumento (da variação) é justificado principalmente pela subida de custos operacionais, notadamente com o petróleo. A Braskem aumentou também a importação da nafta, comprando inclusive com pagamentos a curto prazo, tendo, com isso, que alocar mais recursos no capital giro.

“Mas a evolução desse ano do capital de giro vai depender agora do valor do petróleo”, informou a empresa a analistas de mercado.

México

A Braskem informou também que segue o processo de seleção de potenciais parceiros no projeto do Terminal Químico Puerto México.

Em dezembro de 2021, a Braskem Idesa (associação da Braskem com a Idesa na operação do México) e Braskem aprovaram o investimento estimado de US$ 400 milhões para o projeto de construção do terminal de importação de etano no México.

Atualmente, o projeto está em fase de obtenção de licenças, permissões e detalhamento de engenharia (45% de avanço). A estimativa é de início da construção do terminal no segudo trimestre de 2022 e o startup das operações do terminal em 2024.

No 4T21, a operação do México obteve recorde trimestral das importações de etano dos Estados Unidos pela solução fast track, que atingiu uma média de 20,9 mil barris por dia de etano.

A companhia informou que está trabalhando para uma expansão adicional da solução fast track, que pode atingir a capacidade máxima de importação de etano dos Estados Unidos no volume de 35 mil barris por dia. A previsão de entrada em atividade dessa expansão é no terceiro trimestre de 2022.

Investimentos da Braskem 2022

Os investimentos a serem realizados ao longo de 2022 pela Braskem envolvem R$ 5,6 bilhões, de acordo com o relatado pela empresa.

Os recursos serão destinados, principalmente, para parada programada de manutenção nas plantas do Rio Grande do Sul, preparação para a parada programada nas plantas da Bahia em 2023, catch-up de projetos postergados em função do COVID, e projetos estratégicos, como expansão do negócio de biopolímeros e expansão da capacidade de produção de resina reciclada.

VISÃO DO MERCADO

Bank of America

Os números da empresa no quarto trimestre continuaram a queda sequencial que vem sendo vista nos resultados desde o segundo trimestre do ano passado, quando os spread petroquímicos estavam no auge, diz o Bank of America (BofA).

Os analistas Frank McGann e Isabel Saffioti escrevem que o Ebitda ajustado de R$ 6,3 bilhões foi 3% acima das expectativas, mas exclui a nova provisão de R$ 1,4 bilhão que a companhia fez para o caso dos desabamentos em Alagoas.

“Os resultados foram impactados por uma redução nos spreads de resina no Brail, de polipropileno nos Estados Unidos e Europa e no polietileno no México ante a máxima no segundo trimestre”, comenta. Também veem menores volumes nos mercados.

Apesar da redução nos spreads, que devem continuar a caminhar para a normalização, o BofA diz que ainda estão em níveis elevados, o que manteve o lucro e fluxo de caixa da Braskem saudáveis.

Bank of America tem recomendação de compra com preço-alvo em R$ 80,00…

Citi

Os resultados no quarto trimestre iveram em linha com a expectativa do Citi para o período, mas abaixo do consenso do mercado. O banco americano diz que a companhia foi afetada por menores spreads e venda de polipropileno no Brasil, Europa e Estados Unidos por conta de sazonalidade.

Os analistas Gabriel Barra, Andrés Cardona e Joaquim Alves Atie escrevem que apesar da boa perspectiva de longo prazo para a petroquímica, a conjuntura atual pode resultar em efeitos negativos em 2022.

“Em um primeiro momento, há uma expansão na margem com ganho de estoque, mas no médio prazo, pode ter efeito negativos com a inflação de custos”, comentam. O conflito na Ucrânia também pode afetar os spreads da companhia, que estão se normalizando.

O banco destaca que o Ebitda de US$ 1,1 bilhão que a Braskem apresentou no último período veio em linha com o esperado, mas o lucro líquido de US$ 103 milhões foi abaixo das projeções.

Citi tem recomendação neutra com preço-alvo em R$ 62,00.

UBS BB

Os resultados de quarto trimestre da Braskem encerram um bom ano para a companhia, mas os spreads começam a sinalizar uma inflexão que apontam um 2022 desafiador, diz o UBS BB. O banco espera pressão nas margens da companhia, com a alta nos custos não sendo acompanhada por um reajuste no preços dos produtos.

“As dificuldades da Petrobras e Novonor em venderem suas participações na Braskem também vai manter os papéis pressionados, além da mudança para o Novo Mercado ser um gatilho importante para a companhia”, escrevem os analistas Luiz Carvalho, Matheus Enfeldt e Tasso Vasconcellos.

Eles destacam que um ponto positivo na divulgação foi o anúncio de R$ 1,35 bilhão em dividendos adicionais, se juntando aos R$ 6 bilhões anteriormente anunciados, com o UBS BB estimando que os pagamentos podem chegar a R$ 7,35 bilhões neste ano, um rendimento de 21% sobre as ações.

O Ebitda ajustado de R$ 1,35 bilhão foi em linha com o que o UBS BB esperava para o período. Os analistas notam que houve queda de 23% no indicador ante o terceiro trimestre, resultado de menores spreads nos produtos e menores volumes negociados, esse último fruto de uma sazonalidade típica do período.

UBS BB tem recomendação de compra com preço-alvo em R$ 60,00…

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters

BRASKEM PNB (BOV:BRKM6)
Gráfico Histórico do Ativo
De Set 2022 até Out 2022 Click aqui para mais gráficos BRASKEM PNB.
BRASKEM PNB (BOV:BRKM6)
Gráfico Histórico do Ativo
De Out 2021 até Out 2022 Click aqui para mais gráficos BRASKEM PNB.