A Fitch reiterou o rating nacional de longo prazo ‘AA-(bra)’ para a C&A. Por outro lado, rebaixou a perspectiva para a classificação de estável para negativa.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:CEAB3) nesta segunda-feira (11).

A agência atribuiu ainda o rating ‘AA-(bra)’ à proposta de segunda emissão de debêntures quirografárias da empresa, no montante de R$ 600 milhões, com vencimento em 2028.

“A revisão da perspectiva reflete os desafios da C&A para fortalecer sua geração de caixa e suas margens operacionais, de forma a reduzir sua alavancagem financeira para níveis adequados à atual classificação, em meio à fraca conjuntura macroeconômica brasileira e ao elevado plano de investimentos”, justifica a agência de risco.

A Fitch complementa que a companhia tem o desafio de gerenciar as pressões inflacionárias sobre sua base de custos e despesas em um cenário desfavorável de preços, devido à acirrada competição e demanda pressionada.

Já os ratings da C&A apontam o destacado posicionamento na competitiva indústria de moda no Brasil, sua razoável escala, atuação nacional e a marca consolidada, ainda de acordo com a agência. Além disso, incorporam a manutenção de uma saudável posição de liquidez e robusta flexibilidade financeira.

“A aquisição da operação financeira não deve ter impacto significativo no perfil de crédito da emissora a médio prazo”, conclui a Fitch.

C&A Modas (CEAB3): lucro líquido de R$ 154,4 milhões no 4T21, aumento de 41,2%

O lucro líquido da varejista de moda C&A cresceu 41,2% no quarto trimestre de 2021, para R$ 154,4 milhões na comparação com um ano antes. No acumulado do ano, a empresa registrou lucro de R$ 329 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 166,3 milhões em 2020.

Já a margem subiu 2,0 pontos percentuais na comparação anual, de 6,3% para 8,3%.

A C&A destaca que, no quarto trimestre, houve impacto com aumento na pressão inflacionária resultando em alta expressiva da taxa de juros. “A maior inflação observada no ano é ainda mais crítica para a população de renda média e baixa, público-alvo predominante da C&A”, diz o balanço.

A receita líquida teve uma expansão menor do que o lucro, de 6,6% na comparação anual, somando R$ 1,86 bilhão no período de outubro a dezembro de 2021.

Informações Broadcast

C&A ON (BOV:CEAB3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Set 2022 até Out 2022 Click aqui para mais gráficos C&A ON.
C&A ON (BOV:CEAB3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Out 2021 até Out 2022 Click aqui para mais gráficos C&A ON.