A Minerva informou que o seu primeiro produto certificado “Carbono Neutro” no Uruguai teve o primeiro embarque para clientes internacionais realizado na data de hoje.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:BEEF3) nesta segunda-feira (02).

“Com a inclusão do selo CO² neutral, concedido por uma organização independente com sistemas de certificação em mais de 100 países, a Minerva Foods pode assegurar que, em todas as etapas de desenvolvimento do produto certificado, realizou a mensuração de emissões correspondentes aos escopos 1 e 3, promovendo compensação a partir do uso de créditos de carbono”, explicou a companhia.

A Minerva destacou que já é carbono neutro no escopo 2 desde o ano de 2020.

Segundo a empresa, o novo selo, CO² neutral, poderá ser utilizado em quaisquer linhas produzidas pela Minerva Foods, desde que sigam o mesmo racional de redução e compensação de emissões.

“Este é um grande marco no trabalho que desenvolvemos rumo ao Carbono Neutro. Iniciamos a inclusão deste novo selo nas linhas produzidas no Uruguai como resultado das melhores práticas adotadas pelos pecuaristas locais no trabalho de redução de emissões de GEE. O Uruguai é também um país estratégico para nossa companhia, com entrada em grandes mercados mundiais. Além de evidenciar mais um avanço em nossas iniciativas de descarbonização, este lançamento oferece ao mercado global uma opção de produto ainda mais sustentável”, ressaltou Fernando Queiroz, CEO da Minerva Foods.

As fazendas, responsáveis pela produção dos primeiros lotes que originaram os produtos com a certificação carbono neutro, tiveram suas respectivas pegadas de carbono certificadas a partir do selo “Mensurando Carbono”.

A Minerva Foods pretende divulgar os resultados do 1T22 no dia 11 de maio.

Minerva (BEEF3): lucro líquido de R$ 150,3 milhões no 4T21, alta de 31,7%

Minerva Foods registrou lucro líquido de R$ 150,3 milhões no quarto trimestre de 2021. O valor representa alta de 31,7% ante o lucro de R$ 114,1 milhões reportado em igual período de 2020.

receita líquida obtida entre outubro e dezembro somou R$ 7,505 bilhões, alta de 31,6% sobre os R$ 5,703 bilhões obtidos nos três meses do ano anterior.

“O resultado financeiro refletiu especialmente o impacto negativo não-caixa de R$ 287,7 milhões devido a depreciação do Real frente ao Dólar norte-americano”, disse a empresa.

Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – alcançou R$ 735,3 milhões, alta de 19,2% sobre os R$ 616,9 milhões verificados no mesmo intervalo do ano anterior. Segundo a companhia, trata-se do maior Ebitda trimestral já registrado pela Minerva. A margem Ebitda foi de 9,8%, ante 10,8% no quarto trimestre de 2020.

Informações FinanceNews

MINERVA ON (BOV:BEEF3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jun 2022 até Jul 2022 Click aqui para mais gráficos MINERVA ON.
MINERVA ON (BOV:BEEF3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jul 2021 até Jul 2022 Click aqui para mais gráficos MINERVA ON.