O Banco do Brasil anunciou um acordo de empréstimo de 100 milhões de euros para apoiar o envolvimento do banco com as Contribuições Nacionalmente Determinadas (NDCs, na sigla em inglês) do Brasil. As NDCs são compromissos voluntários dos países no Acordo de Paris, para colaborar com a meta global de emissão de gases causadores do efeito estufa.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:BBAS3) nesta sexta-feira (20).

A contribuição do BB será na expansão da oferta de linhas de financiamento e projetos de energia renovável. O banco prevê ainda parcerias para contribuir o desenvolvimento sustentável e a inclusão social no setor público brasileiro. Há ainda 300 mil euros em cooperação técnica e financeira para auxiliar o banco em atividades relacionadas a riscos climáticos.

“Tenho absoluta certeza de que o dinheiro verde vai render grandes resultados, com impacto positivo para o desenvolvimento do Pais para uma economia mais verde”, disse o presidente do banco, Fausto Ribeiro. O acordo foi assinado no evento Mercado Global de Carbono, promovido pelo BB e pela Petrobrás.

“Apoiar a estratégia do BB na agenda climática é importante, e ressaltamos que a AFD está no Brasil com carteira próxima a 3 bilhões de euros”, disse o diretor regional para Brasil e Argentina da AFD, Lamine Sow.

A presidente do conselho do BB, Ieda Cagni, disse que o banco tem como norte o apoio a iniciativas sustentáveis. “A sustentabilidade está presente em nossa estratégia, nas práticas, na gestão e nos negócios”, afirmou.

Informações Broadcast

BANCO DO BRASIL ON (BOV:BBAS3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jun 2022 até Jul 2022 Click aqui para mais gráficos BANCO DO BRASIL ON.
BANCO DO BRASIL ON (BOV:BBAS3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jul 2021 até Jul 2022 Click aqui para mais gráficos BANCO DO BRASIL ON.