A Embraer tomou conhecimento nesta data da intenção da União de reduzir “unilateralmente” para 15 o número total de aeronaves firmados em 2014 entre a União, a Embraer e uma de suas subsidiárias.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:EMBR3) nesta segunda-feira (23).

“Conforme comunicado em fato relevante emitido pela companhia em 9 de fevereiro de 2022, o complexo processo de negociação entre a Embraer e a Força Aérea Brasileira resultou na celebração de aditivos aos contratos, os quais passaram a contemplar a entrega de 22 aeronaves KC-390 Millennium. Não há previsão contratual de redução adicional”, afirmou a fabricante brasileira em um comunicado ao mercado.

A Embraer reforçou seu compromisso com o projeto KC-390/C-390 Millennium, aeronave multimissão de nova geração, bem como sua crença no potencial de exportação deste produto, que traz inovações únicas em sua categoria e que já foi adquirido por duas nações europeias.

“A Embraer reitera seu papel de parceira estratégica da Força Aérea Brasileira no desenvolvimento e implantação de soluções e produtos tecnológicos de alto valor agregado, parceria estabelecida há mais de 50 anos”, destacou a empresa.

Informações FinanceNews

EMBRAER ON (BOV:EMBR3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jun 2022 até Jul 2022 Click aqui para mais gráficos EMBRAER ON.
EMBRAER ON (BOV:EMBR3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jul 2021 até Jul 2022 Click aqui para mais gráficos EMBRAER ON.