A B3 pediu a Log esclarecimentos após a notícia veiculada pelo Estadão Broadcast+, em 28/07/2022, sob o título “Log planeja levantar R$ 500 mi a r$ 1 bi por ano com vendas de galpões”.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:LOGG3) na sexta-feira (29).

Na matéria consta, entre outras informações, que “a Log Commercial Properties está se preparando para dar mais ênfase à reciclagem de ativos como forma de sustentar (e talvez até ampliar) o plano de investimentos” e “a companhia planeja levantar entre R$ 500 milhões a R$ 1 bilhão por ano com vendas de galpões logísticos”.

Em resposta ao questionamento da B3 (BOV:B3SA3), a Log destacou que, conforme amplamente divulgado nos seus materiais institucionais, a estratégia de venda de ativos já faz parte do modelo de captação de recursos para crescimento da companhia.

“Nesse sentido, desde 2019 já foram realizadas várias operações nesse formato devidamente divulgadas por meio dos respectivos Fatos Relevantes (10/10/2019, 15/09/2020, 31/05/2021, 26/07/2022)”, explicou a Log.

A companhia ressaltou ainda que os valores citados na matéria estão vinculados ao histórico crescente de operações desta natureza praticadas pela companhia, e podem não se materializar, ou se materializar de forma diferente, em razão de condições de mercado.

A Log esclareceu também que não há, até o momento, nenhuma decisão tomada que necessite ou deva ser divulgada publicamente.

Log Commercial (LOGG3): lucro líquido ajustado de R$ 111,8 milhões no 2T22, alta de 42,6%

A Log Commercial Properties, empresa de condomínios logísticos, reportou lucro líquido ajustado de R$ 111,8 milhões no segundo trimestre de 2022 (2T22), desempenho 42,6% superior ao registrado em igual etapa de 2021.

A empresa atribui o resultado ao recorde de entregas, 100% locadas, refletindo aumento expressivo da receita.

A receita líquida somou R$ 54,3 milhões no segundo trimestre de 2022, alta de 47% na comparação com igual etapa de 2021.

A projeção da Refinitiv a partir de consenso de analistas de mercado era de uma receita líquida de R$ 46,69 milhões no período. Segundo a companhia, o crescimento foi em função de novas entregas de ativos com patamares diferenciados de ticket médio de locação, novas locações e no portfólio existente realizamos reajustes contratuais um pouco acima da inflação.

Informações FinanceNews

LOG Commercial ON (BOV:LOGG3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Ago 2022 até Set 2022 Click aqui para mais gráficos LOG Commercial ON.
LOG Commercial ON (BOV:LOGG3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Set 2021 até Set 2022 Click aqui para mais gráficos LOG Commercial ON.