A Petrobra reafirma que, em relação às notícias veiculadas na mídia referentes ao processo de desinvestimento da Braskem (BOV:BRKM5), sua participação na petroquímica faz parte da carteira de ativos à venda pela companhia, conforme divulgado no Plano Estratégico 2022-2026.

A Petrobras informou ainda que “não está conduzindo nenhuma estruturação de operação de venda no mercado privado”.

Segundo fontes do Valor Econômico, Unipar (BOV:UNIP3), BTG (BOV:BPAC11) e Apollo formalizaram propostas pela aquisição da petroquímica.

O Valor destaca que Apollo, BTG Pactual e Unipar fizeram “ofertas independentes e com termos distintos” e que a proposta parte de R$ 40 por ação da Braskem.

A Novonor detém 38,3% do capital total da Braskem. A Petrobras 36,1%, do capital total.

Já a Novonor, antiga Odebrecht, reiterou suas manifestações anteriores no sentido de que, até o presente momento, “não houve evolução material em relação a qualquer alternativa relacionada à alienação de sua participação na Braskem”.

Informações FinanceNews

BRASKEM PNA (BOV:BRKM5)
Gráfico Histórico do Ativo
De Ago 2022 até Set 2022 Click aqui para mais gráficos BRASKEM PNA.
BRASKEM PNA (BOV:BRKM5)
Gráfico Histórico do Ativo
De Set 2021 até Set 2022 Click aqui para mais gráficos BRASKEM PNA.