O Banco do Brasil já desembolsou mais de R$ 400 milhões na linha BB Crédito Energia Renovável, que permite a pessoas físicas financiar até 100% do valor de sistemas fotovoltaicos, incluindo a instalação. Segundo o banco, a linha já financiou cerca de 14 mil projetos residenciais.

Em maio, o banco ampliou o prazo da linha de 60 para 96 meses, o que a tornou mais competitiva. Segundo a instituição financeira, isso reduz o valor das prestações, o que permite substituir, por exemplo, o valor da conta de energia pela prestação do sistema fotovoltaico.

“A ampliação do prazo faz parte das ações de incentivo a soluções financeiras para aquisição de sistemas de energia renovável e eficiência energética, como forma de auxiliar os clientes na transição para uma economia de baixo carbono”, informa o BB, em nota.

Dos R$ 400 milhões disponibilizados, mais de 35% foram concedidos através do aplicativo do BB (BOV:BBAS3). O banco permite financiamento de até 100% do valor de sistemas para a geração de energia solar em residências urbanas e não-urbanas. Os valores vão de R$ 5.000 a R$ 100 mil.

A carência é de até 180 dias para a primeira parcela. A aquisição dos materiais e a montagem do projeto do sistema devem ocorrer em um dos mais de 3.000 fornecedores conveniados ao banco.

Informações Broadcast

BANCO DO BRASIL ON (BOV:BBAS3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Nov 2022 até Dez 2022 Click aqui para mais gráficos BANCO DO BRASIL ON.
BANCO DO BRASIL ON (BOV:BBAS3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2021 até Dez 2022 Click aqui para mais gráficos BANCO DO BRASIL ON.