A Iguatemi celebrou contrato para aquisição de participação adicional de 36% no Shopping JK Iguatemi, informou a companhia na sexta em comunicado ao mercado. A operação será feita por meio da aquisição, por sua subsidiária Mutuall Soluções Financeira, de 100% das quotas da Adeoti Empreendimentos Imobiliários.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:IGTI11) na sexta-feira (09).

Após o fechamento, previsto para o 4º trimestre de 2022, a companhia passará a ser indiretamente titular de 100% do Shopping JK Iguatemi.

O valor da aquisição será de R$ 667 milhões, sujeito a eventuais ajustes nos termos do contrato e será pago na data do fechamento da transação em moeda corrente nacional, com recursos de financiamentos contratados junto a instituições financeiras, destacou a companhia.

“A aquisição da participação remanescente no Shopping JK Iguatemi aumentará a exposição da companhia a um ativo já existente de alta performance, com 34,358 m² de ABL e localizado em uma região com alta densidade populacional e alta renda per capita”, destacou a Iguatemi.

O fechamento da transação está condicionado ao cumprimento de determinadas condições precedentes usuais em operações desta natureza, incluindo a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).  “Após o fechamento, previsto para o 4º trimestre de 2022, a companhia passará a ser indiretamente titular de 100% do Shopping JK Iguatemi”, destacou.

VISÃO DO MERCADO

Goldman Sachs

O Goldman Sachs comenta, em relatório, que vê o portfólio do Iguatemi como o segundo mais exposto à rentabilidade entre os shoppings Classe A, atrás apenas do Multiplan.

“Aumentar a participação da Iguatemi no JK para 100% significa que sua exposição a shoppings AAA/A passaria de 62% para 65%. Com o investimento de R$ 667 milhões, a avaliação implicaria um valor de empresa por m² de R$ 54 mil (ou US$ 10 mil)”, afirmam os analistas Jorel Guilloty e Steven Lam.

O negócio deve ser concluído no quarto trimestre de 2022 e ainda está sujeito à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Além disso, o Iguatemi anunciou que fará uma oferta subsequente de 24,7 milhões de units, que podem ser aumentadas em até 65%, para 40,8 milhões de units, cuja precificação é esperada para o dia 20 de setembro. Os analistas ressaltam que a oferta subsequente implicaria um aumento de 9% das units em circulação.

Goldman Sachs tem recomendação de compra com preço-alvo de R$ 29,00…

Iguatemi (BOV:IGTI11)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2022 até Jan 2023 Click aqui para mais gráficos Iguatemi.
Iguatemi (BOV:IGTI11)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jan 2022 até Jan 2023 Click aqui para mais gráficos Iguatemi.