A Oi declarou que discorda do valor do ajuste pós-fechamento apresentado pela TIM (BOV:TIMS3), Telefônica (BOV:VIVT3) e Claro para a conclusão do processo de aquisição de ativos da Oi Móvel.

O fato relevante foi feito pela companhia (BOV:OIBR3) (BOV:OIBR4) nesta segunda-feira (19).

A empresa diz que recebeu notificação referente ao processo, segundo o qual o valor seria de ao menos R$ 3.186.922.100,74 (superior ao total do valor retido de R$ 1.447.475.981,95). Segundo as compradoras, R$ 634.329.423,16 seriam retidos pela TIM; R$ 488.458.781,03 pela Telefônica e R$ 324.687.777,76 pela Claro.

Além disso, a Oi deveria devolver às compradoras a diferença entre o valor do ajuste pós-fechamento pelas compradoras e o valor retido. No entender a Oi, o cálculo apresenta erros procedimentais e técnicos, havendo equívocos na metodologia, nos critérios, nas premissas e na abordagem adotados pelas compradoras e seu assessor econômico KPMG.

Em razão disso, a Oi diz que adotará todas as medidas cabíveis em relação à notificação das compradoras e à reparação de perda e danos eventualmente causados a ela.

Informações BDM

OI PN (BOV:OIBR4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Nov 2022 até Dez 2022 Click aqui para mais gráficos OI PN.
OI PN (BOV:OIBR4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2021 até Dez 2022 Click aqui para mais gráficos OI PN.