A Direcional Engenharia divulgou seus resultados operacionais referentes ao 3º trimestre do exercício de 2022 (3T22).

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:DIRR3) nesta segunda-feira (10).

No 3T22, o Grupo Direcional lançou 11 novos empreendimentos/etapas, representando um Valor Geral de Vendas de R$ 1,2 bilhão (R$ 967 milhões % companhia), superando em 50% o volume observado no 2T22.

Dessa forma, o 3T22 consolidou-se como o melhor trimestre da Direcional em termos de lançamentos, superando em 10% o recorde anterior, alcançado no 3T21.

Do VGV total lançado no trimestre, o segmento Direcional foi responsável por 54% do mix, enquanto os produtos Riva representaram 46%.

As Vendas Líquidas do 3T22 totalizaram R$ 847 milhões (R$ 682 milhões % companhia), representando um crescimento de 32% sobre o 3T21.

Em relação ao 2T22, houve crescimento de 1% no VGV líquido contratado, tornando o 3T22 o melhor trimestre de Vendas Líquidas da história da Direcional.

VISÃO DO MERCADO

Bradesco BBI

Os números recordes do terceiro trimestre reforçam o impulso operacional robusto da Direcional, apesar dos desafios macroeconômicos, com os segmentos Casa Verde e Amarela e Riva mantendo velocidades de vendas robustas, uma indicação positiva da resiliência do mercado potencial para ambos os segmentos, diz o Bradesco BBI, em relatório.

Os analistas Bruno Mendonça e Pedro Lobato escrevem que as mudanças no programa Casa Verde e Amarela devem continuar beneficiando a empresa, principalmente no aspecto financeiro, já que potenciais aumentos de preços, como está sendo feito, devem melhorar a margem bruta no longo prazo.

Eles afirmam ver a Direcional sendo negociada a 8,3 vezes preço sobre lucro em 2023, um prêmio de 11% em relação aos seus pares e merecido devido ao melhor momento da empresa. A Direcional bateu recorde no terceiro trimestre, ao aumentar seus lançamentos em 10% em base anual, para R$ 1,19 bilhão em valor geral de venda (VGV) potencial. As vendas somaram R$ 682 milhões, alta de 30% em base anual, com a Riva respondendo por 34% do mix.

Bradesco BBI mantém recomendação de compra com preço-alvo de R$ 19,00…

Citi

Apesar de um terceiro trimestre com lançamentos recorde, a Direcional não sentiu o mesmo desempenho nas vendas do período, diz o Citi. O banco destaca que os números apresentados pela empresa vieram em linha com o esperado.

Os analistas André Mazini, Hugo Grassi Soares e Renata Cabral escrevem que os lançamentos de R$ 967 milhões no terceiro trimestre vieram dentro do esperado, enquanto as vendas de R$ 682 milhões foram 9% abaixo das estimativas.

“Os preços do segmento de baixa renda parecem acessíveis, com o tíquete médio da Direcional subindo 4% sobre o segundo trimestre (contra inflação de 1,6% no período) e acima de R$ 200 mil por unidade”, comentam. A tendência deve continuar em 2023.

O banco destaca também que a Riva, segmento de média renda da Direcional, respondeu por 42% dos lançamentos e 34% das vendas no terceiro trimestre, com uma melhora continuada na velocidade sobre vendas, indo de 14% no primeiro trimestre para 19%.

Citi tem recomendação neutra com preço-alvo em R$ 13,00…

Credit Suisse

Os números da prévia operacional da Direcional no terceiro trimestre vieram em linha com o esperado, diz o Credit Suisse. O destaque para o banco fica no recorde de lançamentos e vendas no período, elevando as expectativas para o setor como um todo.

Os analistas Pedro Hajnal e Vanessa Quiroga escrevem que a companhia é a melhor posicionada no segmento de construtoras de baixa renda para ganhar mercado com as alterações recentes no programa Casa Verde e Amarela.

Os lançamentos em R$ 967 milhões da Direcional, alta de 4% na comparação anual, foram em linha com o que esperava o banco suíço. As vendas de R$ 682 milhões, crescimento de 30% em um ano, também foram dentro do esperado.

“Com os números dentro do esperado, estamos confortáveis em dizer que a Direcional está a caminho de alcançar um retorno sobre o patrimônio de 20% daqui para frente”, comentam.

Credit Suisse tem recomendação de compra com preço-alvo de R$ 21,00…

Itaú BBA

“A velocidade de vendas, no entanto, desacelerou em função do maior volume lançado no final do trimestre. A empresa também reportou um desembolso controlado de caixa de R$ 6 milhões”, comenta Itaú BBA, em relatório.

O preço médio por unidade lançada atingiu R$ 249 mil (+17% na base trimestral e 24% na base anual), “demonstrando a capacidade da empresa de mitigar parcialmente a inflação nos custos de construção”, destacam analistas do BBA.

Itaú BBA tem recomendação de compra com preço-alvo de R$ 20,00…

XP

A prévia operacional da Direcional no terceiro trimestre foi excelente, diz a XP, com vendas líquidas de R$ 847 milhões, alta de 31,8% em um ano, impulsionadas pelo ritmo de lançamentos acima do esperado no período.

O analista Ygor Altero escreve que o desempenho deve resultar em um crescimento significativo nas receitas da construtora. Os número foram sustentados pela Riva, unidade de média renda da companhia.

“O segmento Direcional também teve um desempenho robusto, com vendas líquidas sólidas conforme o esperado”, afirmam. No ponto negativo, a XP chama atenção para a queima de R$ 6 milhões em caixa, com compra antecipada de materiais.

XP mantém recomendação de compra com preço-alvo de R$ 22,00…

Informações FinanceNews

DIRECIONAL ON (BOV:DIRR3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jan 2023 até Fev 2023 Click aqui para mais gráficos DIRECIONAL ON.
DIRECIONAL ON (BOV:DIRR3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Fev 2022 até Fev 2023 Click aqui para mais gráficos DIRECIONAL ON.