A Oi voltou a prestar esclarecimentos sobre desdobramento do eventual pedido de bloqueio de seus bens por alguns bancos.

Instituições como Banco do Brasil (BOV:BBAS3) e Itaú-Unibanco têm feito críticas à operadora, conforme matérias divulgadas na imprensa. A primeira alega que a empresa “tem adotado um comportamento contraditório e furtivo para confeccionar a percepção de uma suposta viabilidade financeira”. Já advogados do Itaú-Unibanco (BOV:ITUB3) (BOV:ITUB4) teriam constatado “indícios concretos de possibilidade de as recuperandas buscarem evadir a obrigação”.

Segundo a operadora, conforme previsto no processo de recuperação judicial, observadas algumas condições, poderia ser realizado pré-pagamento de alguns credores, como os bancos, em até três rodadas, após aplicada uma taxa de desconto de 55%. Mas a companhia alega que estas condições não foram atendidas até o momento.

Sobre as acusações dos bancos, a Oi (BOV:OIBR3) (BOV:OIBR4) informou que sua conduta tem “pautado sua conduta de forma transparente com todos os stakeholders envolvidos na recuperação judicial, inclusive com relação a tal pré-pagamento”.

Informações Euqueroinvestir

OI PN (BOV:OIBR4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2022 até Jan 2023 Click aqui para mais gráficos OI PN.
OI PN (BOV:OIBR4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jan 2022 até Jan 2023 Click aqui para mais gráficos OI PN.