Em uma dura petição, o Bradesco pediu à Justiça de São Paulo, nesta segunda-feira, que o trio de acionistas de referência da Americanas seja impedido de vender seus bens e de esvaziar os próprios patrimônios enquanto a varejista não quitar a dívida de R$ 4,7 bilhões que mantém com o banco.

A informação é da coluna de Lauro Jardim/OGlobo. A ação mira Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira e cobra que eles mantenham aquilo que possuem para o caso de serem reconhecidos adiante como responsáveis por indenizar os credores da companhia.

A petição, produzida pela equipe do advogado Walfrido Warde Júnior, diz que o Bradesco tem a intenção de “resguardar o seu direito de acionar pessoalmente” os três sócios para que respondam “pelos atos que tenham sido por eles perpetrados e (a ação) impeça eventuais medidas de esvaziamento patrimonial”.

Segundo o banco, o desfecho do caso Americanas (BOV:AMER3) deve envolver a descoberta de uma “provável fraude” pela qual Lemann, Telles e Sicupira podem ser responsabilizados “por ação, por omissão”.

Em outro trecho, o Bradesco (BOV:BBDC3) (BOV:BBDC4) questiona: “Se alguém disser que a Americanas foi administrada e controlada por mentirosos estará mentindo?”, em uma referência ao fato de que o rombo em questão se formou ao longo de uma década e, na concepção dos advogados do banco, não teria como passar despercebido pelos controladores do negócio.

Informações BDM

Americanas ON (BOV:AMER3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Mai 2023 até Jun 2023 Click aqui para mais gráficos Americanas ON.
Americanas ON (BOV:AMER3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jun 2022 até Jun 2023 Click aqui para mais gráficos Americanas ON.