Atenção: devido ao feriado de Carnaval, a BM&FBOVESPA não abrirá segunda e terça-feira (dias 27 e 28 de fevereiro). Na quarta-feira, dia 29 de fevereiro, as negociações na BM&FBOVESPA iniciarão apenas às 13h00.


 Dow Jones - UBS Gold Index
Último
0,00
Variação
0.00
 Performance:
 7 dia(s)0,00
 4 semana(s)0,00
 3 meses0,00
Dow Jones - UBS Gold Index   Gráficos

OURO

O ouro é um metal de transição amarelo brilhante, pesado, dúctil e maleável que não reage com a maioria dos elementos químicos. Sob temperatura ambiente, apresenta-se no estado sólido. Apesar de ser utilizado como moeda de troca desde 3.000 a.c., apenas no final do século XVIII o ouro adquiriu status monetário universal.

A maior parte do ouro produzido mundialmente é absorvido pelos próprios estados, que o utilizam para cunhagem de moeda e, principalmente, para reservas bancárias como garantia de equilíbrio nas transações comerciais internacionais. Estima-se que mais de metade de toda a produção mundial de ouro seja utilizada para este fim. As demais aplicações econômicas desta commodity resumem-se a sua utilização como matéria-prima para as indústrias aeroespacial e de componentes eletrônicos, para a odontologia e para joalherias.

O mercado de ouro integra o grupo dos chamados mercados de risco já que suas cotações variam segundo a lei da oferta e da procura. No mercado internacional, a referência mundial para a negociação de ouro é a Bolsa de Mercadorias de Nova York (COMEX), na qual negocia-se contratos futuros desta commodity. As cotações do ouro neste mercado são baseadas em relação à onça troy, que equivale a 31,104 gramas.

Tradicionalmente, o ouro ganha maior evidência em períodos de crise econômica. O metal amarelo é tipicamente considerado um refúgio para os investidores em tempos de incertezas, pois pode ser utilizado como uma reserva de valor amplamente aceita, quando os investidores perdem a confiança nas demais commodities, no mercado de ações e no mercado de câmbio.

No Brasil, o maior volume de comercialização de ouro se faz através da Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F). A cotação do ouro no Brasil é fornecida em reais por grama de ouro puro. O preço do ouro negociado no Brasil vincula-se, historicamente, às cotações de Londres e Nova York, refletindo, portanto, as expectativas do mercado internacional. Entretanto, fatores como as perspectivas do mercado interno brasileiro e, principalmente, as cotações do dólar flutuante, também influenciam incisivamente as cotações desta commodity. Deste modo, o cálculo do preço do ouro na BM&F depende diretamente das variações do preço do dólar no mercado flutuante e dos preços do metal na Bolsa de Mercadorias de Nova York.

Nos últimos 6.000 anos, mais de 125.000 toneladas de ouro já foram extraídas no mundo, sendo que 112.500 toneladas (90% do total) foram extraídas a partir de 1848. Estima-se que 60% (75 mil toneladas) deste total esteja concentrado em bancos estatais e governos. Aproximadamente 34.000 toneladas (algo em torno de US$ 400 bilhões) são usados como reserva dos governos. Atualmente, a produção mundial de ouro é de aproximadamente 2.500 toneladas.

A China é a líder mundial em produção de ouro, posição que passou a ocupar em 2007, quando ultrapassou a África do Sul, até então maior produtora do metal no mundo. Os chineses estão apostando fortemente nos preços do metal, já que a produção vem caindo no resto do mundo, com o maior declínio sendo registrado na África do Sul. Assim, a expectativa da China é que os preços do ouro continuem subindo nos próximos anos, embora tenha se registrado uma queda na demanda de alguns grandes países consumidores, como Índia, Turquia e outras nações do Oriente Médio. Além da China, figuram como grandes produtores da commodity ouro a África do Sul, Austrália, Estados Unidos e Peru.

As reservas brasileiras de ouro representam cerca de 2% do total mundial e estão assim distribuídas: Minas Gerais (48%), Pará (37%), Goiás (6,0%), Mato Grosso (3,5%), Bahia (3%) e outros (2,5%).


COTAÇÃO OURO (FUTURO)

Ouro COMEX
ExULTVABMAXMINVolOp Int.
Abr 20171253.0-0.41255.11252.85896
Intraday 1 mês Ex ULT VAB MAX MIN Vol Op Int.
Ouro (Futuro) Abr 2017 Intraday Gráficos Ouro (Futuro) Abr 2017 1 mês Gráficos Mar 2017 1252.9 1.2 1253.6 1252.9 7
Abr 2017 1253.0 -0.4 1255.1 1252.8 5896
Abr 2017 1253.0 -0.4 1255.1 1252.8 5896
Jun 2017 1256.4 -0.3 1258.2 1256.2 49
Ago 2017 1259.2 0.3 1260.9 1259.2 13
Dez 2017 1265.1 0.2 1266.4 1265.1 13

COTAÇÃO OURO (DIA) (FUTURO)

Ouro (dia) TOKYO COMMODITIES EXCHANGE
ExULTVABMAXMINVolOp Int.
Fev 20184518.0+3.04526.04517.03360
Intraday 1 mês Ex ULT VAB MAX MIN Vol Op Int.
Ouro (dia) (Futuro) Fev 2018 Intraday Gráficos Ouro (dia) (Futuro) Fev 2018 1 mês Gráficos Jun 2017 4527.0 5.0 4531.0 4524.0 2566
Ago 2017 4519.0 4.0 4525.0 4519.0 288
Out 2017 4514.0 3.0 4521.0 4513.0 552
Dez 2017 4516.0 3.0 4522.0 4514.0 1604
Fev 2018 4518.0 3.0 4526.0 4517.0 3360
Fev 2018 4518.0 3.0 4526.0 4517.0 3360

COTAÇÃO OURO (NOITE) (FUTURO)

Ouro (noite) TOKYO COMMODITIES EXCHANGE (NIGHT)
ExULTVABMAXMINVolOp Int.
Fev 20184519.0+2.04526.04518.0449
Intraday 1 mês Ex ULT VAB MAX MIN Vol Op Int.

OURO PREÇO SPOT
 Ouro (Spot Price) (€/oz)
Último
1 115,74
Variação
0.00
 Performance:
 7 dia(s)0,00
 4 semana(s)0,00
 3 meses0,00
 6 meses0,00
 1 ano-0,59
Ouro Spot Price (€/oz) Gráficos
O preço à vista de uma mercadoria pode ser considerado o preço atual do mercado para uma entrega rápida das mercadorias.

Normalmente é calculado pela média dos preços de venda dos principais fornecedores internacionais.

O preço à vista de ouro é definida em Euro para "oz troy", onde uma oz troy equivale a cerca de 31,10 gramas.
Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Cotações da NYSE e AMEX têm defasagem de no mínimo 20 minutos.
Quaisquer outras cotações têm defasagem de no mínimo 15 minutos quando não especificado.
Em caso de dúvidas por favor entre em contato com o suporte: [email protected] ou (11) 4196 6600.
P:41 V:br D:20170228 00:53:17