BDR

BDR’s: os melhores desempenhos e dividend yields segundo a Economatica

LinkedIn

O sonho de investir naquela empresa dona da marca do seu smartphone, do seu leitor digital de livros e até daquele hambúrguer com batata frita que você adora se realizou! Desde novembro de 2020 é possível que qualquer investidor aplique em empresas gringas por meio de BDR’s, os famosos Certificados de Depósitos de Valores Mobiliários, também chamados de Certificados de Depósitos de Ações.

A B3 liberou o recurso para todos, incluindo os pequenos investidores. Até então, só quem tinha bastante cacife (mais de R$ 1 milhão) poderia investir em gigantes como Apple, Amazon e McDonald’s.

A moda pegou e, de acordo com dados da Economatica, o volume financeiro médio diário das movimentações feitas com BDR’s marcou recorde. Foram nada menos do que R$ 274,4 milhões registrados em dezembro de 2020, contra R$ 34,3 milhões no mesmo mês de 2019.

No acumulado de dezembro do ano passado, foram realizados mais de 520 mil negócios – apenas para se ter ideia, até setembro não ultrapassavam 60 mil.

As empresas mais líquidas do mercado

As companhias que levaram a palavra “liquidez” muito a sério, fazendo escorrer uma enxurrada de transações e valorização em seus ativos, você vai conhecer agora. Vale dizer que, entre as top 20 mais líquidas, 18 são da terra do Tio Sam, ou seja, dos Estados Unidos, uma é Argentina e outra é de Hong Kong. Os dados são da Economatica:

Capturar1

Para ficar de olho – “O BDR da Tesla (TSLA34) é o ativo com maior liquidez no ano de 2020, com R$ 10,23 milhões negociados em média por dia. A valorização percentual em 2020, em reais, é de 997,49%, já a rentabilidade percentual em dólares é de 751,24%. A diferença se deve à valorização do dólar, que, no ano de 2020, foi de 28,93%”, revela a Economatica em seu relatório.

Dividend Yield das companhias mais líquidas

Ainda dentro da análise desse ranking de companhias mais negociadas, e se quisermos saber como ficou o dividend yield delas em 2020? Mas calma. Primeiro, vamos explicar o que é esse tal de dividend yield (DY). Só olhando para a primeira palavra (dividend) ela nos lembra do quê? Isso mesmo, dividendos, aquela rendazinha extra que as empresas pagam aos seus acionistas. O dividend yield nada mais é do que um índice que revela o rendimento do dividendo em relação ao preço da ação.

Voltando para a análise, entre os 20 BDR’s mais líquidos de 2020, o DY deles ficou assim, conforme a Economatica:

Capturar3111111

Para ficar de olho – “Considerando os 20 BDR’s mais líquidos do mercado, encontramos dez que não pagaram nenhum dividendo em 2020, quatro com DY até 1%, dois entre 1% e 2%, e quatro acima de 2%. O BDR da Pfizer Inc tem o melhor desempenho, com 3,55% de DY em 2020”, esclarece a Economatica.

Lembrando que a Pfizer é aquela empresa que, junto da Biontech, criou a vacina contra o coronavírus que tem sido usada em diversas partes do mundo.

Ranking de melhores Dividend Yield do índice BDRX

Agora, para ter uma ideia mais geral das melhores companhias em DY, a Economatica nos revelou mais um dado interessante, dessa vez usando como referência o Índice BDRX, que possui apenas os ativos que podem ser negociados pela B3.

No caso de BDR’s, segundo análise do índice BDRX, as 20 empresas com o melhor desempenho de DY foram:

Capturar2

Para ficar de olho – “O BDR da Costco Wholesale Corp tem o melhor desempenho, com DY de 5,86%, seguido pela empresa de fumo Altria Group, Inc, com 5,76%. O que percebemos é que, dos 20 BDRs, quatro têm volume financeiro médio diário em 2020 inferior a R$ 100 mil/dia, seis BDR’s entre R$ 100 e R$ 200 mil/dia, oito entre R$ 200 e R$ 500 mil e dois acima de R$ 500 mil/dia”, descreve a Economatica.

E aí, gostou de saber de tudo isso? Comenta aqui embaixo e aproveite para compartilhar com seus amigos este conteúdo. Também não deixe de conferir a seção Ações Estrangeiras da ADVFN, que traz Balanços, BDR’s, Recomendações e muito mais referente ao cenário internacional! Aproveite e bon$$ investimento$$!

Comentários

  1. Vera diz:

    Qual o código no mercado de ações, da tecnologia de armamentos tecnológicos do exército brasileiro.

Deixe um comentário para Vera