A Enauta Participações informou que foi confirmada a ocorrência de óleo em novo intervalo denominado acumulação Atlanta NE, na área em implantação do Sistema Definitivo (SD) do Campo de Atlanta.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:ENAT3) nesta terça-feira (23).

Em um fato relevante enviado ao mercado, a petroleira explicou que foi concluída a perfuração e perfilagem do poço piloto 9-ATL-8DP identificando óleo em intervalo de 57 m (profundidade medida) com “excelentes propriedades petrofísicas”.

A acumulação está localizada em profundidade de 2.644m, mais rasa que o reservatório em desenvolvimento no Campo de Atlanta.

A ocorrência de óleo em Atlanta NE foi originalmente descrita no poço 9-SHEL-19D-RJS perfurado em 2006.

O novo poço foi programado com o objetivo de coletar dados adicionais da acumulação em conjunto com a perfuração do poço 7-ATL-7HA-RJS (“7HA”), que compõe os seis poços produtores da Fase 1 do Sistema Definitivo de Atlanta.

A Enauta estima que os recursos in place da acumulação excedem 230 milhões de barris de óleo.

“A companhia realizará estudos complementares para a definição do potencial técnico-econômico, integração ao desenvolvimento de Atlanta e a inclusão da acumulação aos 158,9 milhões de barris de óleo (Reserva 2P) de reservas certificadas, conforme relatório de 31 de dezembro de 2022 da Gaffney, Cline and Associates”, afirmou a petroleira.

A Enauta espera o primeiro óleo do Sistema Definitivo de Atlanta para meados de 2024 com capacidade para 50 mil barris de óleo por dia na Fase 1 através de seis poços de produção conectados ao FPSO Atlanta.

Informações Financenews
ENAUTA ON (BOV:ENAT3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Mar 2024 até Abr 2024 Click aqui para mais gráficos ENAUTA ON.
ENAUTA ON (BOV:ENAT3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Abr 2023 até Abr 2024 Click aqui para mais gráficos ENAUTA ON.