A Petrobras recebeu, à vista, montante de R$ 1,819 bilhão, referente ao complemento da compensação firme (earnout) do exercício de 2023, do bloco de Sépia e Atapu.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:PETR3) (BOV:PETR4) nesta quarta-feira (31).

O montante já inclui o valor do “gross-up” dos impostos incidentes referentes às participações de 28%, 21% e 21% da TotalEnergies EP Brasil Ltda, PETRONAS Petróleo Brasil Ltda e QatarEnergy Brasil Ltda, respectivamente, em Sépia e 25% e 22,5% da Shell Brasil Petróleo Ltda e TotalEnergies EP Brasil Ltda, em Atapu.

As compensações dos blocos Sépia e Atapu serão devidos entre 2022 e 2032 e exigíveis a partir do último dia útil do mês de janeiro do ano subsequente ao que o preço do petróleo tipo Brent atingir média anual superior a US$ 40 por barril, limitado a US$ 70 por barril.

Informações Infomoney
PETROBRAS ON (BOV:PETR3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Mar 2024 até Abr 2024 Click aqui para mais gráficos PETROBRAS ON.
PETROBRAS ON (BOV:PETR3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Abr 2023 até Abr 2024 Click aqui para mais gráficos PETROBRAS ON.