A Azevedo & Travassos assinou um Memorando de Entendimento (MOU) com os cotistas da GBC Participações, contendo os principais termos e condições vinculantes por meio dos quais a Companhia se propõe a adquirir a totalidade das ações da subsidiária da GBC, Phoenix Óleo e Gás Natural.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:AZEV3) (BOV:AZEV4) nesta quarta-feira (06).

A Phoenix é uma produtora de petróleo independente devidamente registrada na ANP, fundada em 2006, e detentora de sete contratos de concessões, referente à certos campos e blocos onshore, localizados na Bacia Potiguar, distantes cerca de 40 km da cidade de Mossoró-RN, sendo eles: Periquito, Periquito Norte, Periquito Nordeste, Concriz, Rio do Carmo, POT-T-565 e POT-T-610.

O MOU dá à Companhia exclusividade sobre a Phoenix e seus ativos por um prazo inicial de 60 dias, contados a partir da data de sua assinatura, sendo passível de prorrogação por período similar, desde que haja concordância mútua e formal entre as partes.

A aquisição da Phoenix pela A&T , caso venha a se concretizar, faz parte do plano da Companhia de retomada da exploração de óleo e gás como avenida de crescimento da Companhia, bem como da verticalização da Grupo no setor. Adicionalmente, a Administração entende que tal aquisição é estratégica e representa uma oportunida no setor.. Isto porque os ativos em questão são considerados não maduros e parcialmente desenvolvidos, possuindo um volume de óleo recuperável estimado em mais de 3,8 milhões de barris. No mais, a Phoenix possui diversos poços já perfurados e que não estão em operação, o que possibilita um rápido incremento da produção, com uma necessidade de investimento reduzida.

Outro aspecto estratégico dessa aquisição é a sua localização. Os ativos são próximos do município de Mossoró no Rio Grande do Norte, o que garante o pleno acesso à infraestrutura necessária ao escoamento da produção e aos serviços especializados necessários à perfuração, operação e manutenção dos poços. Não menos importante é o capital humano da empresa Phoenix, que deverá ser incorporado ao time de profissionais da Companhia.

A assinatura do MOU é resultado de negociações diretas mantidas entre a Companhia e a GBC e tem por objetivo estabelecer as bases contratuais para que a Companhia possa aprofundar e finalizar a auditoria jurídica, operacional e financeira que ofereça segurança para a conclusão da aquisição proposta.

Adicionamente, em complemento aos Comunicados ao Mercado publicados nos dias 24 de agosto e 09 de outubro de 2023, a Companhia informa que encerrou as a negociações envolvendo os ativos das empresas Nion Energia S.A. e Petroil Óleo e Gás Ltda. Após extensivas negociações, inclusive além do período de exclusividade previsto nos MOUs originais, a administração entende que esses ativos não atingiram as expectativas negociais necessárias nesse momento para que a Companhia iniciasse sua estratégia de consolidação de Campos Maduros.

O propósito deste Comunicado ao Mercado é apenas garantir a transparência e a simetria de informações no mercado. As informações aqui contidas não devem ser interpretadas como garantia de que as operações descritas no MOU serão efetivamente concluídas.

AZEVEDO ON (BOV:AZEV3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Mai 2024 até Jun 2024 Click aqui para mais gráficos AZEVEDO ON.
AZEVEDO ON (BOV:AZEV3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jun 2023 até Jun 2024 Click aqui para mais gráficos AZEVEDO ON.