Balança Comercial Brasileira em Março de 2015

A balança comercial brasileira fechou o terceiro mês de 2015 com um saldo positivo de US$ 458 milhões – as exportações somaram US$ 16,979 bilhões e as importações totalizaram US$ 16,521 bilhões. Apenas duas das cinco semanas de março apresentaram superávit comercial. O saldo comercial positivo registrado em março de 2015 foi apenas o sexto melhor resultado mensal dos últimos doze meses, mas suficiente para superar todos os resultados comerciais dos últimos sete meses. Também foi o melhor mês de março dos últimos três anos.

Em março, balança comercial brasileira registra primeiro superávit mensal de 2015

PERÍODO EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO SALDO
Mês Dia Útil Valor Total Média Diária Valor Total Média Diária Valor Total Média Diária
Mar 2015 22 16.979 771,8 16.521 751,0  458   20,8
1ª Semana 5 3.930 786,0 3.980 796,0  -50  -10,0
2ª Semana 5 3.624 724,8 3.648 729,6  -24    -4,8
3ª Semana 5 3.677 735,4 3.876 775,2 -199  -39,8
4ª Semana 5 3.975 795,0 3.633 726,6  342   68,4
5ª Semana 2 1.773 886,5 1.384 692,0  389 194,5

Na comparação com o mês anterior, houve avanço de 116,12% na diferença entre o valor total de bens e serviços exportados e importados (de -US$ 2,842 bilhões para US$ 458 milhões). Já se considerarmos o saldo comercial médio por dia útil, a diferença entre fevereiro e março de 2015 ficou positiva em 113,17% (de -US$ 157,9 milhões para US$ 20,8 milhões).

Balança Comercial do Brasil acumula déficit de US$ 5,557 bilhões no primeiro trimestre de 2015

PERÍODO EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO SALDO
Mês Dia Útil Valor Total Média Diária Valor Total Média Diária Valor Total Média Diária
Mar 2015 22 16.979 771,8 16.521 751,0    458    20,8
Fev 2015 18 12.092 671,8 14.934 829,7 -2.842 -157,9
% - 40,42% 14,89% 10,63% -9,49% 116,12% 113,17%

Na comparação com março de 2014, houve acréscimo de 288,14% na diferença entre o valor total de bens e serviços exportados e importados (de US$ 118 milhões para US$ 458 milhões). Pela média diária, a diferença entre março de 2015 e março de 2014 foi um pouco menor: avanço de 235,48% (de US$ 6,2 milhões para US$ 20,8 milhões).

Brasil: balança comercial de março de 2015 acumula déficit de US$ 3,514 bilhões nos últimos doze meses

PERÍODO EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO SALDO
Mês Dia Útil Valor Total Média Diária Valor Total Média Diária Valor Total Média Diária
Mar 2015 22 16.979 771,8 16.521 751,0 458    20,8
Mar 2014 19 17.628 927,8 17.510 921,6 118      6,2
% - -3,68% -16,81% -5,65% -18,51% 288,14% 235,48%

 

Saldo Comercial Acumulado no Ano

Nos três primeiros meses de 2015, o saldo da balança comercial acumulou um déficit de US$ 5,557 bilhões, valor 8,59% melhor que o déficit registrado entre janeiro e março de 2014 (-US$ 6,079 bilhões) – ambos os trimestres contaram com o mesmo número de dias úteis. A média diária do saldo comercial acumulado neste ano é de -US$ 91,1 milhões, enquanto que em 2014 era de -US$ 99,7 milhões, valor 8,63% maior que o registrado no ano corrente.

Entre janeiro e março de 2015, as exportações brasileiras alcançaram a cifra de US$ 42,775 bilhões, com uma média diária de US$ 701,2 milhões em cada um dos 61 dias úteis do período. Sobre o mesmo período no ano anterior, o valor total das exportações brasileiras registraram avanço de 13,74%. Pela média diária, o crescimento também foi de 13,74%.

As importações do período totalizaram US$ 48,332 bilhões, com uma média diária de US$ 792,3 milhões. Sobre igual período do ano anterior, o valor total das importações brasileiras registraram alta de 13,18%. Pela média diária, o acréscimo também foi de 13,18%. 

Em 2015, Brasil mantem sua rotina de superávit comercial em meses de março

PERÍODO EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO SALDO
Mês Dia Útil Valor Total Média Diária Valor Total Média Diária Valor Total Média Diária
Jan 2015 - Mar 2015 61 42.775 701,2 48.332 792,3 -5.557 -91,1
Jan 2014 - Mar 2014 61 49.588 812,9 55.667 912,6 -6.079 -99,7
% - -13,74%  -13,74%  -13,18%   -13,18% 8,59%   8,63%

 

Saldo Comercial nos Últimos 12 Meses

Nos últimos doze meses, o saldo da balança comercial acumula déficit de US$ 3,514 bilhões, valor bem abaixo (-353,17%) do superávit registrado entre abril de 2013 e março de 2014 (US$ 1,388 bilhões).

Entre abril de 2014 e março de 2015, as exportações brasileiras alcançaram a cifra de US$ 218,288 bilhões, com uma média diária de US$ 862,8 milhões em cada um dos 253 dias úteis do período. Sobre o mesmo período no ano anterior, o valor total das exportações brasileiras registraram retração de 9,34%. Pela média diária, a retração foi de 8,99%.

As importações totalizaram US$ 221,802 bilhões nos últimos doze meses, com uma média diária de US$ 876,7 milhões. Sobre igual período do ano anterior, o valor total das importações brasileiras registraram queda de 7,35%. Pela média diária, o decréscimo foi de 6,98%. 

PERÍODO EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO SALDO
Mês Dia Útil Valor Total Média Diária Valor Total Média Diária Valor Total Média Diária
Abr 2014 - Mar 2015 253 218.288 862,8 221.802 876,7 -3.514 -13,9
Abr 2013 - Mar 2014 254 240.785 948,0 239.397 942,5  1.388    5,5
% - -9,34% -8,99% -7,35% -6,98% -353,17% -352,73%

 

Últimas Notícias sobre a Balança Comercial Brasileira

Exportação de milho do Brasil em setembro já supera o mesmo mês de 2016

©
As exportações de milho pelo Brasil já superam no acumulado de setembro deste ano todo o volume embarcado...
 

Balança comercial brasileira tem saldo positivo de US$ 2 bi no mês

De acordo com informações divulgadas pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior...
 

Analistas elevam projeção do PIB brasileiro para 0,60% em 2017

Os analistas do BC divulgaram no Boletim Focus desta segunda-feira (18), que a expectativa de alta do PIB...
 

Balança comercial acumula superávit de US$1 bi nas primeiras semanas do mês

Segundo dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), a...
 

Exportação Brasileira em Março de 2015

As exportações brasileiras somaram US$ 16,979 bilhões no terceiro mês do ano, alcançando o quinto melhor resultado para meses de março desde o início da série histórica apurada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Este, porém, também foi o menor valor de bens e serviços exportados para um mês de março desde 2010.

Na comparação com o segundo mês do ano (US$ 12,092 bilhões), as vendas brasileiras para o exterior cresceram 40,42%. Todos os tipos de produtos registraram forte crescimento, com destaque, mais uma vez, para os produtos básicos, que concentraram 44,32% das exportações nacionais no mês. Comparando as vendas externas de março de 2015 com as vendas realizadas no mesmo mês do ano anterior (US$ 17,628 bilhões), percebe-se um decréscimo 3,68%. Tal recuo foi puxado pelas vendas de produtos básicos, que decresceram 18,55% entre os períodos. Todos os demais produtos vendidos para o exterior no mês atual apresentaram crescimento quando comparados à março de 2014.

Leia mais sobre as exportações brasileiras em março de 2015

Considerando apenas os vinte e dois dias úteis do mês, o país exportou, em média, US$ 771,8 milhões por dia em março de 2015. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, que teve dezenove dias úteis, houve retração nas vendas de produtos básicos (-29,67%) e manufaturados (-6,07%). Já as vendas de produtos semimanufaturados cresceram 8,85% de um ano para o outro.

Na comparação com fevereiro de 2015, houve aumento nas vendas externas de todos os tipos de mercadorias: produtos básicos (23,33%), produtos semimanufaturados (6,17%) e produtos manufaturados (9,84%).

Importação Brasileira em Março de 2015

As importações brasileiras somaram US$ 16,521 bilhões no terceiro mês do ano, alcançando o quinto maior valor para meses de março desde o início da série histórica apurada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Este, porém, também foi o menor valor de bens e serviços exportados para um mês de março desde 2010.

Na comparação com o segundo mês do ano (US$ 14,934 bilhões), as compras brasileiras oriundas do exterior cresceram 10,63%. Com exceção das importações de combustíveis e lubrificantes (-26,40%), todos os demais tipos de produtos importados pelo país registraram forte crescimento. Os destaques foram as matérias-primas, que concentraram 46,47% das importações nacionais no mês, além dos bens de consumo, que registraram crescimento mensal de 20,70%. Comparando as compras externas de março de 2015 com as compras realizadas no mesmo mês do ano anterior (US$ 17,510 bilhões), percebe-se um decréscimo 5,65%. Tal recuo foi puxado, principalmente, pelas compras de matérias-primas, que decresceram 6,01% entre os períodos. Os únicos produtos comprados do exterior no mês atual que apresentaram crescimento quando comparados à março de 2014 foram os bens não duráveis: alta anual de 10,65%.

Leia mais sobre as importações brasileiras em março de 2015

Considerando apenas os vinte e dois dias úteis do mês, o país importou, em média, US$ 751,0 milhões por dia em março de 2015. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, que teve dezenove dias úteis, houve retração de importação em todas as categorias de produtos, com grande destaque, porém, para a compra de petróleo, que diminuiu 40,41%.

Já na comparação com fevereiro de 2015, as categorias de Bens de Capital (-1,26%), Matérias-Primas (-6,33%) e Combustíveis e Lubrificantes (-39,76%) registraram retração na importação diária de produtos. Por sua vez, houve aumento na importação diária de bens de consumo duráveis (1,24%) e não-duráveis (4,04%), que cresceu 551,11% entre o segundo e o terceiro mês do ano.

Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

P:43 V:br D:20170922 22:16:58