INCC em Outubro de 2016

INCC-10

O Índice Nacional de Custo da Construção – 10 (INCC-10) registrou uma variação mensal de 0,22% em outubro de 2016. A taxa de oscilação apurada no mês anterior tinha sido de 0,34%. Em outubro de 2015, a variação mensal foi de 0,23%. A taxa de variação acumulada pelo indicador nos primeiros dez meses de 2016 foi de 5,35%. Nos últimos doze meses, o INCC-10 registrou alta de 6,05%.

  Índice (Pontos) Variação Mês Anterior (%) Variação Mês Atual (%) Acumulado Ano (%) Acumulado 12 Meses (%)
INCC-10 676,527 0,34 0,22 5,35 6,05
       Materiais, Equipamentos e Serviços 517,833 0,30 0,14 2,66 4,10
       Mão de Obra 894,634 0,38 0,29 7,74 7,76

O índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços registrou variação de 0,14%. No mês anterior, a taxa havia sido de 0,30%. O índice que representa o custo da Mão de Obra registrou variação de 0,29%. No mês anterior, este índice variou 0,38%. 

 

INCC-M

O Índice Nacional de Custo da Construção – Mercado (INCC-M) registrou uma variação mensal de 0,17% em outubro de 2016. A taxa de oscilação apurada no mês anterior tinha sido de 0,37%. Em outubro de 2015, a variação mensal foi de 0,27%. A taxa de variação acumulada pelo indicador nos primeiros dez meses de 2016 foi de 5,79%. Nos últimos doze meses, o INCC-M registrou alta de 6,34%.

  Índice (Pontos) Variação Mês Anterior (%) Variação Mês Atual (%) Acumulado Ano (%) Acumulado 12 Meses (%)
INCC-M 684,955 0,37 0,17 5,79 6,34
       Materiais, Equipamentos e Serviços 518,602 0,16 0,03 2,64 3,76
       Mão de Obra 904,920 0,55 0,30 8,60 8,62

O índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços registrou variação de 0,03%. No mês anterior, a taxa havia sido de 0,16%. O índice referente à Mão de Obra registrou variação de 0,30%. No mês anterior, a taxa de variação foi de 0,55%. 

 

INCC-DI

O Índice Nacional de Custo da Construção – Disponibilidade Interna (INCC-DI) registrou uma variação mensal de 0,21% em outubro de 2016. A taxa de oscilação apurada no mês anterior tinha sido de 0,33%. Em outubro de 2015, a variação mensal foi de 0,36%. A taxa de variação acumulada pelo indicador nos primeiros dez meses de 2016 foi de 5,59%. Nos últimos doze meses, o INCC-DI registrou alta de 6,05%.

  Índice (Pontos) Variação Mês Anterior (%) Variação Mês Atual (%) Acumulado Ano (%) Acumulado 12 Meses (%)
INCC-DI 685,489 0,33 0,21 5,59 6,05
       Materiais, Equipamentos e Serviços 519,191 0,15 0,00 2,44 3,39
       Mão de Obra 917,942 0,48 0,39 8,37 8,39

O índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços não variou. No mês anterior, a taxa foi de 0,15%. O índice que representa o custo da Mão de Obra registrou variação de 0,39%. No mês anterior, este índice variou 0,48%. 

  

Principais Notícias sobre o INCC em Outubro de 2016

INCC-10 desacelera em Outubro de 2016, subindo apenas 0,22% em relação ao mês anterior

O Índice Nacional de Custo da Construção – 10 (INCC-10) registrou uma variação mensal de 0,22% em outubro de 2016. A taxa de oscilação apurada no mês anterior tinha sido de 0,34%. Em outubro de 2015, a variação mensal foi de 0,23%. A taxa de variação acumulada pelo indicador nos primeiros dez meses de 2016 foi de 5,35%. Nos últimos doze meses, o INCC-10 registrou alta de 6,05%. 

INCC-10 registrado em Outubro acumula alta de 6,05% nos últimos doze meses

O Índice Nacional de Custo da Construção – 10 (INCC-10) alcançou 676,527 pontos no décimo mês do ano, consolidando uma valorização mensal de 0,22% na comparação com setembro de 2016, quando fechou o período de coleta de preços em 675,042 pontos. Já na comparação anual, o índice acumula uma valorização anual de 6,05%.

INCC-M desacelera em Outubro de 2016, registrando variação de 0,17% em relação ao mês anterior

O Índice Nacional de Custo da Construção – 10 (INCC-10) registrou uma variação mensal de 0,22% em outubro de 2016. A taxa de oscilação apurada no mês anterior tinha sido de 0,34%. Em outubro de 2015, a variação mensal foi de 0,23%.

INCC-M registrado em Outubro acumula alta de 6,34% nos últimos doze meses

O Índice Nacional de Custo da Construção – 10 (INCC-10) alcançou 684,955 pontos no décimo mês do ano, consolidando uma valorização mensal de 0,17% na comparação com setembro de 2016, quando fechou o período de coleta de preços em 683,764 pontos. Já na comparação anual, o índice acumula uma valorização anual de 6,34%.

INCC-M em Outubro de 2016: Custos com Mão de obra e Serviços pesam mais que Materiais e Equipamentos para a alta mensal do indicador

De acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), a alta nos preços relacionados à serviços e mão de obra foram os que mais pesaram para a alta mensal de 0,17% do Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-M) em setembro.

Fatores de maior influência para a alta de 0,17% do INCC-M em Outubro de 2016

Em outubro de 2016, o Índice Nacional de Custo da Construção – Mercado (INCC-M) subiu 0,17% em relação ao mês anterior. Dentre os itens que compõem a cesta de produtos avaliados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) para o cálculo do indicador, o que mais contribuiu para a alta do indicador foi o de custo com a contratação de engenheiro, cuja variação mensal subiu de 0,38% para 0,97%, na passagem de setembro para outubro de 2016.

Porto Alegre foi a cidade que registrou a maior aceleração na alta dos custos da contrução civil em Outubro de 2016

O INCC-M (Índice Nacional de Custo da Construção – Mercado) fechou o décimo mês do ano com variação mensal de 0,31%. Das sete capitais estaduais aferidas pelo índice, Porto Alegre foi a que apresentou a maior aceleração na alta do indicador aferida entre setembro e outubro de 2016.

INCC-DI: Preços no setor de construção civil brasileiro desaceleraram em Outubro de 2016 

O Índice Nacional de Custo da Construção - Disponibilidade Interna (INCC-DI), que mede a inflação no setor de construção civil, subiu 0,21% em outubro, depois de avançar 0,33% no mês anterior. Nos últimos doze meses, o indicador acumula alta de 6,05%. Os preços foram apurados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) entre os dias 01 e 31 de outubro de 2016 nas sete principais capitais estaduais do país. 

Inflação medida pelo INCC-DI desacelera levemente em Outubro e acumula alta de 6,05% nos últimos doze meses

O Índice Nacional de Custo da Construção – Disponibilidade Interna (INCC-DI) fechou o décimo mês do ano com 685,489 pontos, avançando 0,21% na comparação com o mês anterior, quando fechou o período de coleta de preços com 684,025 pontos. Nos últimos doze meses, o índice acumula uma valorização de 6,05%.

Confira a lista dos itens que mais influenciaram o crescimento do INCC-DI em Outubro de 2016

O Índice Nacional de Custo da Construção – Disponibilidade Interna (INCC-DI), que auxilia a medir a variação de preços de produtos e serviços no setor de construção civil brasileiro, subiu 0,21% em outubro, depois de avançar 0,33% no mês anterior. Dentre os itens que participam da composição do INCC-DI, o que mais contribuiu positivamente para a valorização do indicador em outubro foi o de Engenheiro, cujo preço médio subiu 1,00% no mês. No mês anterior, o mesmo item também tinha registrado alta 0,36% em seus preços.

 

Últimas Notícias sobre INCC

INCC-10 subiu em Novembro de 2017, acumulando alta de 4,15% nos últimos 12 meses

©
O Índice Nacional de Custo da Construção – 10 (INCC-10) alcançou 705,771 pontos no décimo primeiro mês do...
 

INCC-10 subiu 0,30% no décimo primeiro mês de 2017

O Índice Nacional de Custo da Construção – 10 (INCC-10), que mede a inflação no setor de construção civil...
 

Páginas Relacionadas

Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

P:32 V:br D:20171124 01:46:53