Evolução do IPCA em 2014

IPCA 2014

2014 VARIAÇÃO MENSAL (%) VARIAÇÃO NO ANO (%) VARIAÇÃO ANUAL (%)
JAN 0,55 0,5500 5,5853
FEV 0,69 1,2438 5,6798
MAR 0,92 2,1752 6,1531
ABR 0,67 2,8598 6,2798
MAI 0,46 3,3330 6,3751
JUN 0,40 3,7463 6,5236
JUL 0,01 3,7567 6,5023
AGO 0,25 4,0161 6,5129
SET 0,57 4,6090 6,7465
OUT 0,42 5,0483 6,5872
NOV 0,51 5,5841 6,5554
DEZ 0,78 6,4076 6,4076

 

Índice de Preços ao Consumidor Amplo

O IPCA é calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) desde 1980 e se refere às famílias com rendimento monetário de 01 a 40 salários mínimos, qualquer que seja a fonte.

Desde janeiro, o IBGE passou a incorporar a Região Metropolitana de Vitória e o município de Campo Grande no IPCA e no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Até dezembro de 2013, as pesquisas eram feitas com informações das Regiões Metropolitanas de Belém, Fortaleza, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre, além de Brasília e Goiânia.

 

Últimas notícias sobre o IPCA

Tesouro Direto aposta em melhorias para conquistar investidores

©
Programa fundado em 2002 pelo Tesouro Nacional e a BM&F Bovespa vem demonstrando grandes avanços nos...
 

CRA da BR Foods sai com taxa de 96% do CDI; Fibria e Comgás fazem ofertas isentas

Os certificados de recebíveis do agronegócio (CRA) da Brasil Foods (BRF) tiveram uma demanda...
 

Comentários sobre o desempenho do IPCA em 2014

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou o ano de 2014 com a maior alta desde 2011 e bem perto do teto da meta de inflação estabelecida pelo governo federal. Tarifas de energia elétrica e alimentos mais caros pesaram bastante na conta do consumidor brasileiro.

A viagem de fim de ano não saiu barata. Em dezembro, o aumento da procura fez as passagens aéreas encarecerem 42%. E isso pesou no índice usado para medir a inflação oficial.

Na reta final de 2014, o IPCA acelerou. Chegou a 0,78%. A inflação do ano fechou em 6,41%, abaixo do teto da meta estabelecido pelo governo, de 6,50%. Mas acima do centro da meta, de 4,50%.

O IPCA fechou o ano mais alto que em 2013. A maior inflação dos últimos três anos é resultado de pressões dos gastos com habitação, principalmente das tarifas de energia elétrica, e despesas com alimentação.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre os cinco itens que mais tiveram influência sobre a inflação em 2014, e que juntos respondem por um terço do índice, a carne foi o que mais pesou. Os preços subiram mais de 22% no ano. O maior aumento desde 2010.

Páginas Relacionadas

Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

P:35 V:br D:20161204 03:48:58