Poupança: Rentabilidade aumenta após alta da taxa básica de juros

LinkedIn

Brasília, 10 de Julho de 2013 – O novo aumento da taxa básica de juros da economia brasileira, de 8,0% para 8,5% ao ano, anunciado nesta quarta-feira pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, proporcionou um aumento da rentabilidade da caderneta de poupança.

De acordo com as regras definidas pelo governo em 2012, a rentabilidade da poupança passou a ser atrelada à variação da Taxa Selic. Atualmente, todas as aplicações realizadas em caderneta de poupança de 04 de maio de 2012 em diante rendem o equivalente à setenta por cento do valor da Taxa Selic, acrescidas do valor da Taxa Referencial (TR).

Portanto, com a alta de juros autorizada nesta quarta-feira, o rendimento da caderneta de poupança passou para 5,95% ao ano, mais TR. Com juros em 8,0% ao ano, antes da decisão de hoje, a poupança estava sendo remunerada em 5,6% ao ano mais a variação da Taxa Referencial.

Caderneta de Poupança x Fundos de Renda Fixa

Com a Selic atual (8,5% ao ano), a poupança vai continuar interessante frente aos rendimentos dos fundos de renda fixa, segundo levantamento feito pela Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).

Isso porque, na caderneta de poupança não é cobrada taxa de administração e nem Imposto de Renda (IR) – ao contrário dos investimentos em fundos e em títulos públicos, por meio do Tesouro Direto. Além disso, na poupança, os recursos podem ser sacados a qualquer momento.

Números do próprio Banco Central mostram que os depósitos em caderneta de poupança superaram as retiradas em R$ 28,27 bilhões no primeiro semestre deste ano, novo recorde para o período.

Caderneta de Poupança x Inflação

Especialistas observam, entretanto, que os rendimentos da poupança perderam para a inflação no ano passado. Para este ano, porém, este quadro pode se inverter. A inflação esperada para 2013, de acordo com as previsões do mercado financeiro, com base no IPCA, é de 5,81% até o momento – próxima do rendimento de 5,95% ao ano com a nova taxa de juros (8,5% ao ano).

Mesmo com rendimento mais baixo, tendo perdido para a inflação em 2012 e com a expectativa de ficar próxima neste ano, especialistas avaliam que a nova caderneta de poupança ainda é uma boa opção de investimento para pequenos poupadores, para pessoas que buscam aplicações de curto prazo ou que procuram formar um fundo de reserva para emergências.

Deixe um comentário