Balança Comercial do Brasil fecha Julho de 2015 com superávit de US$ 2,386 bilhões

LinkedIn

São Paulo, 05 de Agosto de 2015 – A balança comercial brasileira fechou o sétimo mês de 2015 com um saldo positivo de US$ 2,386 bilhões – com todas as cinco semanas de julho apresentando superávit comercial. Este é o nono maior resultado para o mês de julho em toda a série histórica iniciada em 1995.

Na comparação com o mês anterior, houve retração de 47,31% na diferença entre o valor total de bens e serviços exportados e importados (de US$ 4,528 bilhões para US$ 2,386 bilhões). Já se considerarmos o saldo comercial médio por dia útil, a diferença entre julho e junho de 2015 também ficou negativa em 51,89% (de US$ 215,6 milhões para US$ 103,7 milhões).

Na comparação com julho de 2014, houve acréscimo de 52,66% na diferença entre o valor total de bens e serviços exportados e importados (de US$ 1,563 milhões para US$ 2,386 bilhões). Pela média diária, a diferença entre julho de 2015 e julho de 2014 foi a mesma: 52,66% (de US$ 68,0 milhões para US$ 103,7 milhões).

Exportações Brasileiras em Julho de 2015

As exportações brasileiras somaram US$ 18,533 bilhões no sétimo mês do ano.

Na comparação com o sexto mês do ano (US$ 19,629 bilhões), as vendas brasileiras para o exterior diminuíram 5,58%. Já se compararmos as vendas externas de julho de 2015 com as vendas realizadas no mesmo mês do ano anterior (US$ 23,024 bilhões), percebe-se um decréscimo de 19,51%.

Leia mais sobre as exportações brasileiras em julho de 2015

Considerando apenas os vinte e três dias úteis do mês, o país exportou, em média, US$ 805,8 milhões por dia em julho de 2015.

Importações Brasileiras em Julho de 2015

As importações brasileiras somaram US$ 16,147 bilhões no sétimo mês do ano.

Na comparação com o sexto mês do ano (US$ 15,101 bilhões), as compras brasileiras oriundas do exterior cresceram 6,93%. Comparando as compras externas de julho de 2015 com as compras realizadas no mesmo mês do ano anterior (US$ 21,461 bilhões), percebe-se um forte decréscimo de 24,76%.

Leia mais sobre as importações brasileiras em julho de 2015

Considerando apenas os vinte e três dias úteis do mês, o país importou, em média, US$ 702,0 milhões por dia em julho de 2015.

Notícias Relacionadas

Balança Comercial: Todas as regiões do país voltaram a comprar menos do exterior em Junho de 2015

Importação: óleos brutos de petróleo foi o principal item que mais pesou sobre a forte queda das compras brasileiras no exterior em Junho de 2015

Produtos manufaturados responderam por 83,61% das importações brasileiras em Junho de 2015

Importação: Estados Unidos foi o principal parceiro comercial do Brasil em Junho de 2015

Compras da Petrobras no exterior caem 50,40% em Junho de 2015, mas empresa ainda é a maior importadora de produtos do Brasil

Importações oriundas da China diminuem 13,05% em Junho de 2015

– Vale e Petrobras mantêm a dianteira entre as maiores exportadoras do Brasil em Abril de 2015. Distância para as demais empresas, porém, caiu bastante

– Exportações brasileiras obtém o pior mês de Junho desde 2012

– Petrobras permanece na liderança como a principal empresa exportadora do Brasil pelo segundo mês consecutivo em 2015

 Em Junho de 2015, China manteve a dianteira na lista dos principais países compradores das exportações brasileiras

– Em Junho de 2015, a soja manteve-se como o principal produto de exportação do Brasil

 Brasil: vendas de produtos básicos lideram as perdas das exportações brasileiras em Junho de 2015

– Todas as regiões brasileiras registraram quedas de exportação em Junho de 2015. Região Norte permanece registrando a maior queda

– Balança Comercial: exportações para China caem 5,8% em Junho de 2015

 

Deixe um comentário