Ibovespa cai 2,36% nesta sexta-feira, pressionado por novos dados sobre a China e pela cotação do Petróleo

LinkedIn

O principal índice de ações da BM&FBovespa voltou a registrar fortes perdas, pressionado por nova queda no preço do petróleo e após as ações chinesas serem negociadas nos menores valores desde 2004. Isso gerou uma forte depressão nos mercados financeiros globais, com destaque especial para as moedas e bolsas de valores dos países em desenvolvimento. No Brasil, como era de se esperar, Vale e Petrobras reagiram muito mal às péssimas notícias sobre o petróleo e a China.

Nesta sexta-feira, o Ibovespa fechou em forte queda de 2,36%, cotado aos 38.569,13 pontos. Foi o menor patamar atingido pelo indicador de 09 de Março de 2009. No pior momento do dia, o índice de referência do mercado acionário brasileiro caiu 3,83%, a 37.986 pontos. O Ibovespa acumulou queda de cinco por cento na semana, a terceira seguida no vermelho. Em 2016, a queda acumulada é de onze por cento.

 

Cenário Externo

Grande parte da queda registrada no mercado de ações nesta sexta-feira refletiu a desvalorização de 3,6% registrada pelo principal índice de ações da Bolsa de Valores de Xangai, após notícias de que alguns bancos chineses estariam recusando ações de empresas como colateral de empréstimos. Além disso, saíram dados ruins sobre o setor bancário chinês referentes a dezembro: foram 597,8 bilhões de yuans (US$ 90,7 bilhões) em novos empréstimos liberados, bem menos que os 708,9 bilhões de yuans concedidos em novembro. No geral, os números ampliaram a percepção ruim em relação à desaceleração da economia da China.

A cotação do petróleo também voltou a desabar ao longo do dia – desta vez, para abaixo dos US$ 30,00 o barril. Se ontem houve certa recomposição dos preços, na ausência de fatos ruins, hoje o petróleo refletia a tendência de mais aumento de oferta. Tudo porque o Irã aguarda para algum momento de janeiro que as sanções impostas ao país sejam levantadas, como consequência do acordo assinado com seis potências globais para restringir o programa nuclear de Teerã. Se as barreiras caírem, o Irã colocará mais 500 mil barris de petróleo por dia no mercado internacional. Há apostas de que as sanções caiam já no fim de semana.

 

Cenário Interno

No cenário local, investidores continuaram apreensivos em relação à estratégia do governo para enfrentar a crise econômica. Dúvidas sobre o comprometimento do governo com o ajuste fiscal e os próximos passos da política monetária sustentavam a cautela.

A presidente Dilma Rousseff afirmou pela manhã que não há contradição entre a expansão do crédito concedido por bancos públicos e a atual política monetária apertada.

A pauta macroeconômica endossou todo o pessimismo demonstrado pelos investidores, com dados ruins sobre o desemprego no país, cuja (falta de) atividade reforça o cenário de debilidade da economia local.

 

Vale

As ações ordinárias da mineradora Vale (VALE3), com direito a voto em assembleia geral da companhia, caíram 2,90%, fechando o dia cotadas a R$ 9,37. Já as ações preferenciais (VALE5) da empresa, que dão prioridade na distribuição de dividendos, perderam 3,06% de seu valor, cotadas a R$ 7,29.

As perdas consideráveis registradas pelas ações da Vale refletiram os novos dados sobre a economia chinesa, principal destino para as exportações da Vale. A China é o maior consumidor de commodities do planeta. Qualquer queda no ritmo de crescimento da economia chinesa faz o preço das commodities desabarem.

 

Petrobras

As ações ordinárias da Petrobras (PETR3) recuaram 7,19% nesta quinta-feira, encerrando o pregão cotadas a R$ 6,71. Por sua vez, as ações preferenciais  (PETR4) da gigante brasileira do setor de petróleo caíram 9,14%, cotadas a R$ 5,17.

Assim como a Vale, as ações da Petrobras continuam preocupando muito os investidores.

Além de preocupações com a crise econômica chinesa e com os desdobramentos da Operação Lava-Jato, a queda recente registrada pelas ações da companhia estão atreladas ao preço do petróleo no mercado internacional, que este ano já atingiu o menor valor dos últimos doze anos.

 

Desempenho das ações que compõem o Ibovespa em 15 de Janeiro de 2016

ATIVO ULT OFV OFC MAX MIN VAR VAR %
ABEV3 16,59 16,60 16,59 16,70 15,99 -0,26 -1,54
BBAS3 13,04 13,04 13,03 13,37 12,92 -0,52 -3,83
BBDC3 18,37 18,45 18,36 19,00 18,19 -0,83 -4,32
BBDC4 17,25 17,25 17,24 17,39 16,93 -0,45 -2,54
BBSE3 22,80 22,84 22,80 23,40 22,61 -1,00 -4,20
BRAP4 3,40 3,40 3,39 3,40 3,24 -0,10 -2,86
BRFS3 48,05 48,05 47,87 48,93 47,22 -1,46 -2,95
BRKM5 25,14 25,15 25,12 25,66 24,71 -0,06 -0,24
BRML3 11,24 11,25 11,19 11,24 10,85 0,04 0,36
BRPR3 8,19 8,19 8,15 8,27 7,89 0,19 2,37
BVMF3 10,41 10,42 10,41 10,56 10,33 -0,22 -2,07
CCRO3 11,30 11,34 11,30 11,55 11,17 -0,35 -3,00
CESP6 11,75 11,76 11,75 11,97 11,43 -0,30 -2,49
CIEL3 32,76 32,77 32,76 32,87 31,89 0,16 0,49
CMIG4 4,50 4,51 4,50 4,55 4,43 -0,12 -2,60
CPFE3 14,16 14,16 14,14 14,27 13,87 -0,06 -0,42
CPLE6 19,10 19,14 19,10 19,28 18,73 -0,38 -1,95
CSAN3 22,80 22,80 22,78 23,16 22,35 -0,32 -1,38
CSNA3 3,17 3,18 3,17 3,26 3,09 -0,13 -3,94
CTIP3 38,40 38,47 38,39 38,60 37,26 -0,42 -1,08
CYRE3 7,25 7,29 7,25 7,44 7,12 -0,20 -2,68
ECOR3 4,07 4,07 4,05 4,19 4,02 -0,13 -3,10
ELET3 5,01 5,01 5,00 5,09 4,85 0,06 1,21
EMBR3 27,00 27,00 26,99 28,06 26,39 -1,11 -3,95
ENBR3 11,27 11,35 11,27 11,48 11,11 0,01 0,09
EQTL3 33,25 33,55 33,25 33,82 33,18 -0,60 -1,77
ESTC3 12,30 12,45 12,30 12,46 12,15 -0,18 -1,44
FIBR3 44,11 44,11 44,10 44,24 43,60 0,11 0,25
GGBR4 3,45 3,45 3,44 3,47 3,37 -0,08 -2,27
GOAU4 1,10 1,10 1,07 1,10 1,02 -0,02 -1,79
GOLL4 1,27 1,27 1,26 1,31 1,24 -0,04 -3,05
HGTX3 13,30 13,30 13,27 13,45 12,63 0,28 2,15
HYPE3 20,97 21,05 20,97 21,30 20,75 -0,23 -1,08
ITSA4 6,45 6,45 6,44 6,50 6,38 -0,11 -1,68
ITUB4 23,92 23,93 23,92 24,20 23,71 -0,64 -2,61
JBSS3 10,36 10,37 10,36 10,63 10,08 -0,29 -2,72
KLBN11 19,75 19,75 19,50 19,82 19,33 -0,12 -0,60
KROT3 8,52 8,55 8,52 8,58 8,20 -0,07 -0,81
LAME4 18,06 18,08 18,06 18,32 17,92 -0,35 -1,90
LREN3 16,59 16,60 16,47 16,64 16,05 -0,14 -0,84
MRFG3 5,60 5,61 5,60 5,79 5,49 -0,17 -2,95
MRVE3 8,30 8,31 8,29 8,39 8,09 -0,10 -1,19
MULT3 38,85 39,13 38,85 39,14 38,13 0,09 0,23
NATU3 22,75 22,83 22,75 23,39 22,20 0,00 0,00
OIBR4 1,48 1,48 1,45 1,54 1,40 -0,04 -2,63
PCAR4 35,50 35,59 35,50 35,65 33,50 0,93 2,69
PETR3 6,71 6,72 6,71 7,04 6,61 -0,52 -7,19
PETR4 5,17 5,18 5,17 5,44 5,16 -0,52 -9,14
QUAL3 13,89 13,90 13,89 14,17 13,67 -0,10 -0,71
RADL3 38,15 38,16 38,01 38,15 37,36 0,05 0,13
RENT3 22,38 22,46 22,38 22,92 22,04 -0,73 -3,16
RUMO3 3,00 3,24 2,30 3,00 2,01 0,39 14,94
SANB11 13,05 13,21 13,05 13,55 13,05 -0,43 -3,19
SBSP3 17,70 17,70 17,68 17,94 17,36 -0,53 -2,91
SMLE3 27,70 27,90 27,70 28,86 25,81 -1,00 -3,48
SUZB5 16,19 16,19 16,17 16,28 15,80 0,27 1,70
TBLE3 29,75 29,84 29,75 30,80 29,43 -1,00 -3,25
TIMP3 5,94 5,94 5,91 6,11 5,80 -0,21 -3,41
UGPA3 55,80 55,80 55,20 55,80 53,84 -0,37 -0,66
USIM5 0,96 0,97 0,96 1,00 0,95 -0,08 -7,69
VALE3 9,37 9,38 9,37 9,51 8,99 -0,28 -2,90
VALE5 7,29 7,29 7,27 7,31 7,00 -0,23 -3,06
VIVT4 32,85 33,06 32,85 33,34 32,69 -0,88 -2,61

 

Deixe um comentário