Ibovespa registra maior alta dos últimos três meses nesta sexta-feira: 4,6%

LinkedIn

O principal índice de ações da bolsa de valores brasileira avançou nesta sexta-feira, 29 de Janeiro de 2016, seguindo a tendência de alta das bolsas de valores internacionais após a surpreendente decisão do banco central japonês de reduzir a taxa de juros do país para um patamar negativo. A alta do petróleo nas bolsas de mercadorias de Nova Iorque e Londres também animou os investidores.

 

Ibovespa Hoje

O Ibovespa subiu 4,60% nesta sexta-feira, 29 de Janeiro de 2016, fechando cotado em 40.405,99 pontos. Ao longo do dia, o principal índice de ações do Brasil oscilou entre 38.634,70 pontos (valor mínimo) e 40.405,99 pontos (valor máximo). Na véspera, o principal índice de ações da Bolsa de Valores de São Paulo ganhou 0,66%, encerrando o dia cotado a 38.630,19 pontos.

O volume financeiro total movimentado durante o dia foi de R$ 5,645030 bilhões.

A forte valorização de hoje foi a maior alta percentual diária desde 03 de Novembro do ano passado, quando o Ibovespa havia subido 4,76%. Foi também o maior nível de fechamento desde o dia 08 deste mês (40.612,21 pontos).

Com isso, a Bolsa de Valores de São Paulo encerra a semana com valorização de 6,24%, após quatro quedas semanais seguidas. No entanto, fecha Janeiro de 2016 acumulando perdas de 6,79%. Foi o terceiro mês seguido de perdas.

 

Cenário Externo

Dois fatores externos dominaram as ações dos investidores nesta sexta-feira, ajudando a valorização do Ibovespa: a decisão do banco central japonês em adotar taxa básica de juros negativa e mais uma alta na cotação do barril de petróleo.

O BC do Japão decidiu por 5 votos a 4 cortar a taxa para menos 0,1% em depósitos de conta corrente selecionados que bancos mantiverem na instituição, outra medida audaciosa para reanimar aquela economia.

A medida adotada pelo Banco Central do Japão reduz o custo de operações conhecidas como “carry trade”, quando operadores captam recursos no exterior e os reinvestem em negócios que pagam juros altos. A redução da taxa de juros japonesa foi favorável aos ativos de países emergentes de um modo geral.

A nova alta dos preços do petróleo também ajudou a sustentar a demanda por ativos ligados a commodities, em meio a expectativas de um acordo para cortar a produção do óleo no cenário de persistente sobreoferta mundial.

A Bolsa de Valores da China fechou com forte alta de 3,09%, mas essa valorização não foi suficiente: o mercado de ações chinês teve, em janeiro, o pior mês desde a crise econômica de 2008. As outras bolsas de valores da Ásia e do Pacífico também fecharam em alta.

– China: +3,09%

– Hong Kong: +2,54%

– Cingapura: +2,60%

– Austrália: +0,59%

– Coreia do Sul: +0,27%

– Taiwan: +2,22%

– Japão: +2,80%

Os principais índices de ações da Europa também fecharam com altas consideráveis:

– França: +2,19%

– Inglaterra: +2,56%

– Alemanha: +1,64%

– Itália: +2,57%

– Espanha: +2,62%

– Portugal: +1,76%

O Dow Jones, principal índice de ações dos Estados Unidos fechou em alta de 2,47%, cotado em 16.466,30 pontos.

 

Cenário Interno

Os investidores continuam apreensivos com a situação político-econômica brasileira, especialmente após a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) alimentar apostas de que os juros básicos do país podem não subir mais neste ano.

O banco norte-americano J.P.Morgan elevou sua previsão para a taxa de câmbio e passou a estimar que o dólar atingirá R$ 4,70 até o fim de 2016, argumentando que a manutenção da Taxa Selic levou à desancoragem das expectativas de inflação.

Até mesmo as medidas de estímulo ao crédito anunciadas pelo Governo Federal no dia anterior, somando R$ 83 bilhões, também foram contabilizadas com bastante parcimônia pelos investidores. O anúncio vem em um momento de inflação de dois dígitos apesar da profunda recessão econômica.

 

Petrobras

As ações da Petrobras – bastante influenciadas pela forte alta nos preços do petróleo – subiram forte durante toda a sessão de negociação.

As ações preferenciais (PETR4) da estatal subiram 5,22%, cotadas a R$ 4,84. Já as ações ordinárias (PETR3), que dão direito a voto em Assembléia Geral da companhia, subiram 6,29%, fechando cotadas a R$ 6,93.

 

Vale

As ações preferenciais da mineradora (VALE5) subiram 2,12%, cotadas a R$ 7,24. Já as ações ordinárias da companhia (VALE3) ganharam 4,18%, encerrando o dia valendo R$ 9,72.

A diretoria da Vale informou, por meio de nota divulgada na noite do dia anterior, que irá propor ao Conselho de Administração que não sejam distribuídos dividendos aos acionistas da companhia ao longo de 2016.

 

Composição o Ibovespa em 29 de Janeiro de 2016

ATIVO ULT OFV OFC MAX MIN VAR VAR %
ABEV3 18,66 18,66 18,64 18,66 17,96 0,77 4,30
BBAS3 13,85 13,85 13,79 13,85 12,99 0,87 6,70
BBDC3 19,59 19,59 19,58 19,76 19,12 0,39 2,03
BBDC4 18,15 18,15 18,12 18,15 17,36 0,75 4,31
BBSE3 23,13 23,13 23,01 23,13 21,96 1,38 6,34
BRAP4 3,32 3,32 3,26 3,32 3,07 0,18 5,73
BRFS3 48,23 48,23 48,22 48,62 46,59 2,08 4,51
BRKM5 24,00 24,00 23,96 24,00 23,25 0,70 3,00
BRML3 11,87 11,88 11,87 11,95 11,19 0,75 6,74
BRPR3 8,15 8,18 8,15 8,15 7,83 0,25 3,16
BVMF3 10,26 10,27 10,26 10,60 10,07 -0,11 -1,06
CCRO3 12,78 12,78 12,75 12,78 11,94 0,78 6,50
CESP6 13,19 13,20 13,19 13,19 12,77 0,14 1,07
CIEL3 33,87 33,88 33,85 34,30 32,73 1,30 3,99
CMIG4 5,91 5,92 5,91 6,02 5,37 0,57 10,67
CPFE3 16,21 16,22 16,21 16,48 15,60 0,64 4,11
CPLE6 22,05 22,05 22,00 22,05 20,39 1,40 6,78
CSAN3 25,14 25,14 24,95 25,49 24,52 0,56 2,28
CSNA3 3,55 3,55 3,54 3,65 3,47 0,10 2,90
CTIP3 38,24 38,28 38,11 38,37 37,86 0,24 0,63
CYRE3 7,15 7,15 7,14 7,18 6,93 0,10 1,42
ECOR3 3,99 3,99 3,98 4,01 3,67 0,31 8,42
ELET3 5,82 5,84 5,82 5,88 5,51 0,31 5,63
EMBR3 28,76 28,76 28,48 28,76 27,04 1,83 6,80
ENBR3 12,12 12,12 12,01 12,13 11,31 0,86 7,64
EQTL3 36,17 36,44 36,17 36,63 34,84 1,51 4,36
ESTC3 11,71 11,71 11,60 11,71 10,59 1,07 10,06
FIBR3 44,06 44,07 43,89 44,14 41,82 1,76 4,16
GGBR4 3,60 3,60 3,56 3,66 3,44 0,19 5,57
GOAU4 1,03 1,04 1,03 1,04 0,97 0,04 4,04
GOLL4 1,53 1,53 1,52 1,61 1,20 0,33 27,50
HGTX3 12,94 13,00 12,94 13,27 12,56 0,39 3,11
HYPE3 22,35 22,35 22,34 22,61 22,16 0,15 0,68
ITSA4 6,88 6,88 6,83 6,90 6,67 0,23 3,46
ITUB4 24,95 24,95 24,94 24,95 24,00 1,11 4,66
JBSS3 10,80 10,81 10,80 10,80 9,10 1,45 15,51
KLBN11 21,00 21,03 21,00 21,00 19,94 0,90 4,48
KROT3 8,50 8,52 8,50 8,54 7,86 0,67 8,56
LAME4 18,64 18,72 18,64 18,88 18,17 0,53 2,93
LREN3 17,74 17,74 17,68 17,92 17,04 0,79 4,66
MRFG3 6,10 6,16 6,10 6,24 5,94 0,15 2,52
MRVE3 9,15 9,15 9,14 9,27 8,85 0,27 3,04
MULT3 41,40 41,40 41,39 42,62 39,63 1,97 5,00
NATU3 22,41 22,41 22,39 22,80 21,90 0,62 2,85
OIBR4 1,65 1,65 1,62 1,65 1,49 0,16 10,74
PCAR4 38,23 38,23 38,05 38,23 35,84 2,63 7,39
PETR3 6,93 6,94 6,93 6,97 6,41 0,41 6,29
PETR4 4,84 4,85 4,84 4,86 4,52 0,24 5,22
QUAL3 13,49 13,49 13,44 13,66 12,60 0,92 7,32
RADL3 41,48 41,50 41,48 42,06 39,44 1,78 4,48
RENT3 21,93 21,93 21,73 21,93 20,74 1,23 5,94
RUMO3 1,89 1,89 1,88 1,93 1,75 0,12 6,78
SANB11 13,05 13,06 13,05 13,26 12,78 0,29 2,27
SBSP3 21,32 21,32 21,30 21,49 20,65 0,46 2,21
SMLE3 28,48 28,49 28,48 28,76 26,85 1,12 4,09
SUZB5 15,95 15,95 15,78 15,95 14,90 0,95 6,33
TBLE3 33,84 33,84 33,77 33,84 32,17 1,84 5,75
TIMP3 6,37 6,37 6,29 6,37 5,87 0,32 5,29
UGPA3 59,38 59,38 59,18 59,89 57,42 1,74 3,02
USIM5 0,85 0,85 0,84 0,89 0,84 -0,01 -1,16
VALE3 9,72 9,79 9,71 9,82 9,04 0,39 4,18
VALE5 7,24 7,24 7,23 7,26 6,83 0,15 2,12
VIVT4 34,76 34,76 34,61 34,85 33,85 0,81 2,39

 

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.