Ibovespa sobe mais de 1% com melhora no exterior; dólar e juros caem

LinkedIn

O Índice Bovespa inicia a semana em alta, acompanhando a melhora dos mercados internacionais, puxados pelo petróleo. Hoje também é vencimento do mercado de opções de ações, o que aumenta as oscilações. Às 12 horas, o índice subia 1,21%, para 57.771 pontos.

O petróleo sobe forte hoje, com informações de conflitos na Líbia, grande produtor. O tipo WTI, negociado em Nova York, subia 2,49%, para US$ 44,10 o barril no mercado futuro, enquanto o tipo Brent, de Londres, ganhava 2,32%, para US$ 46,83%. Os produtores da Opep devem se reunir informalmente na semana que vem, mas sem muita expectativa de redução na produção.

Já o minério de ferro fechou em baixa na China, de 0,52%, para US$ 55,68 a tonelada. Segundo a gestora Azimuth Brasil, a última alta do minério ocorreu há 17 dias.

Bancos, Petrobras e Vale em alta

Acompanhando o apetite por ações no exterior, os bancos, com maior peso no Ibovespa, puxavam a alta do índice. Os papéis preferenciais (PN, sem voto) do Itaú Unibanco (BOV:ITUB4) subiam 1,49%, enquanto os do Bradesco (BOV:BBDC4) ganhavam 1,14% e os ordinários (ON, com voto) do Banco do Brasil (BOV:BBAS3) subiam 2,19%. As units (recibos de ações) do Santander (BOV:SANB11) subiam 1,58%.  Hoje, o Itaú anunciou a venda de sua área de seguros de vida em grupo para a americana Prudential, mostrando que o apetite dos estrangeiros pelo Brasil continua.

O petróleo em alta animou também os investidores em Petrobras, que ganhava 2,43% no papel PN (BOV:PETR4) e 1,95% no ON (BOV:PETR3). A empresa se beneficia também da expectativa de revisão de seu plano estratégico 2017-2021, que deve reduzir seus investimentos e a meta de produção de petróleo no Brasil para 2020, segundo o Valor Econômico. A meta atual é de 2,7 milhões de barris diários. E a empresa está também tentando reduzir o custo com funcionários, propondo um reajuste de 4,97% para os petroleiros e redução no valor das horas extras e opção de corte na jornada de trabalho e salários da área administrativa.

Já a Vale está em alta, mesmo com o minério em baixa, com o papel ON (BOV:VALE3) subindo 1,71% e o PNA (BOV:VALE5), 2,37%.

Só quatro baixas no índice

Em meio à animação do dia, apenas quatro papéis dos 58 do Ibovespa estavam em baixa. Suzano PNA (BOV:SUZB5) recuava 1,43%, Embraer ON (BOV:EMBR3), 0,91%, Fibria ON (BOV:FIBR3), 0,30% e JBS Friboi (BOV:JBSS3) 0,08%. As maiores altas do índice eram de  CSN ON (BOV:CSNA3), 6,62%, Metalúrgica Gerdau PN (BOV:GOAU4), 3,75%, Usiminas PNA (BOV:USIM5), 3,22% e Gerdau PN (BOV:GGBR4), 3,10%. Segundo o jornal O Globo, a CSN negocia com a estatal chinesa CBSteel a venda de uma participação minoritária na Congonhas Minérios, braço da siderúrgica que reúne os ativos de mineração da empresa, como a mina Casa de Pedra. O objetivo é reduzir a dívida da mineradora brasileira, hoje de R$ 25,8 bilhões. A corretora XP Investimentos considera a notícia positiva para CSN e diz que segue otimista com a companhia.

Bolsas sobem na Europa e nos EUA

No exterior, as bolsas  na Europa estão em alta, puxados pelas petroleiras. O Índice Stoxx 50, que reúne os 50 principais papéis da região, subia 1,11%, enquanto o Financial Times ganhava 1,39%, o DAX, de Frankfurt, 0,90% e o CAC, de Paris, 1,39%.

Nos Estados Unidos, o Índice Dow Jones subia 0,56%, enquanto o Standard & Poor’s 500, 0,61%. O Nasdaq subia 0,52%.

Dólar ensaia alta, mas cai; juros recuam

No mercado brasileiro de câmbio, o dólar comercial abriu em alta, mas perdeu a força ao longo da manhã e recuava 0,42%, para R$ 3,257 para venda. No mercado turismo, a moeda caía ainda mais, 1,15%, para R$ 3,41 na venda. O BC manteve o leilão de 500 mil contratos de swap cambial reverso, equivalentes à compra de US$ 250 milhões, sem muito impacto no mercado.

No mercado futuro de juros, o contrato de DI para janeiro de 2017 projetava 13,945% ao ano, em queda em relação aos 13,96% de sexta-feira. O contrato para janeiro de 2018 indicava juros de 12,52%, ante 12,54% no pregão anterior. Para 2019, a projeção era de 11,96%,também abaixo dos 11,98% de sexta-feira. E, para 2021, a projeção era de 12,03%, ante 12,07% na sexta-feira.

 

Deixe um comentário