Ações: investimento de longo prazo? Isso é bem relativo!

LinkedIn

Mas afinal, a ação é mesmo um investimento de longo prazo?

Quando a conversa é sobre investimentos em ações, os especialistas sempre comentam a mesma coisa:

“Ação é um investimento de longo prazo”, ou coisas do tipo, “Compre aos poucos e faça uma carteira para a aposentadoria” e por aí vai…

Observando o gráfico semanal de Petrobras (BOV:PETR4) abaixo, temos um movimento de compra interessante aonde o ativo foi comprado à aproximadamente R$ 14,82 em março de 2014 podendo ter sido vendido a R$ 23,66 em setembro de 2014, ou seja, em um período de seis meses, o investidor teria um lucro aproximado de 60%. Nada mal, não é?

PETR4SEMANALMARASET2014

Agora vamos imaginar que o investidor não vendeu. Ele manteve o ativo em carteira por achar que se trata de um investimento de longo prazo, ou para a sua aposentadoria, e por aí vai…

Acontece que o movimento de Petrobras, já em setembro de 2014, começou a mostrar sinais de queda devido a vários fatores em relação à empresa, à política e à economia do país.

E o que aconteceu?

Veja a seguir, o mesmo gráfico aí de cima mostrando o movimento de Petrobras até janeiro de 2016;

PETR4SEMANALMAR2014AJAN2016

Isso mesmo, o investidor comprou a R$ 14,82 em março de 2014, não vendeu a R$ 23,66 em setembro de 2014 e chegou a janeiro de 2016, aproximadamente um ano e dez meses depois, com seu investimento valendo R$ 4,76, o que daria aí um prejuízo de -67,88%.

Talvez ele esteja menos triste do que alguém que resolveu comprar “no voo cego” em setembro de 2014 pelos mesmos R$ 23,66, neste caso amargando um prejuízo de aproximadamente -80%.

Quando falo sobre isso, quero deixar claro que não estaria aqui se não acreditasse no mercado de ações e por isso comento sobre alguns “perigos” de se investir sem nenhuma base ou como disse antes, fazer um investimento no voo cego.

Imaginando apenas operações de compra, vamos ver este mesmo movimento só que com alguma base de entendimento na análise gráfica;

PETR4SEMANALMAR2014AJAN2016comparalelas

No gráfico acima, você comprou aos mesmos R$ 14,82 em março de 2014, vendeu com Stop em outubro de 2014 a R$ 19,61, obteve um lucro aproximado de 30%, saiu do mercado e ficou observando o movimento de fora e o mais importante, com lucro. Sem falar que você poderia entrar vendendo para recomprar mais barato depois, mas este assunto de “operar vendido”, eu comento em outros posts.

E por fim, o gráfico semanal abaixo mostra o movimento com mais uma entrada na compra a R$ 7,22, já em fevereiro de 2016, Stop ajustado na casa dos R$ 12,50 (lucro de aproximadamente 70%) e o valor da ação hoje em R$ 18,21 (Lucro de aproximadamente 150%);

PETR4SEMANALMAR2014AOUT2016comparalelas

Importante: Este investimento está baseado na análise do gráfico “semanal”, porém dentro de movimentos do gráfico “diário”, o investidor pode encontrar várias entradas e saídas aproveitando os movimentos de mais curto/médio prazos.

Não vou dizer aqui que como tudo na vida, a prática leva à “perfeição”, porque estamos falando de um mercado “nervoso” aonde boatos viram fatos até que se perceba que a alta nos boatos pode levar à queda nos fatos, mas poderia muito bem dizer que a prática leva ao “aperfeiçoamento”. Como sempre digo, os gráficos mostram as tendências de tudo o que está acontecendo com a empresa, o país, o mundo, etc…

Procure mais informações sobre a análise gráfica, fique atento, use os movimentos a seu favor, seja mais feliz investindo em ações e com o tempo você verá que pode SIM valer a pena!

Boa sorte!

INFORMAÇÕES IMPORTANTES;

Toda operação, começa com o Stop abaixo do valor de compra (ou acima do valor de venda em caso de operar vendido). Isto significa que toda operação começa com rentabilidade negativa.

Por ser operação de alto risco, invista com consciência, não utilizando todo o seu recurso disponível.

Os gráficos não preveem o futuro. Eles apenas mostram possíveis mudanças de tendência.

Siga a estratégia com disciplina.

Contato e mais informações: jose.prestrade@gmail.com

Comentários

  1. antonio nacif boan diz:

    Ótima apresentação com considerações certas sobre prazos compra/venda e stop. Possuindo ações Vale e Petrobras com datas de mais de cinco anos endosso o raciocínio considerando grandes variações observadas no período. Com preço médio ainda acima dos preços atuais.

  2. Juné Ferreira diz:

    Boa tarde Antonio!

    Agradeço pelo comentário e por sua contribuição e fique a vontade se precisar de mais detalhes sobre como se resguardar de grandes oscilações do mercado.

    Muito obrigado!

    Juné Ferreira
    jose.prestrade@gmail.com

Deixe um comentário para antonio nacif boan