Itaú BBA eleva preço-alvo para Vale para R$ 40

LinkedIn

Itaú BBA eleva preço-alvo para Vale para R$ 40

O Itaú BBA elevou o preço justo para as ações da Vale (BOV:VALE5) de R$ 34 para R$ 40 e reiterou a recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado), o equivalente à compra. O novo valor corresponde a um potencial de valorização de aproximadamente 26,5%.

Segundo o analista Marcos Assumpção, uma melhora nos preços do minério de ferro, maior contribuição do negócio de carvão e um menor custo de capital justificam a mudança nas estimativas para a mineradora.

“O preço do minério de ferro permanece em níveis altos e aumentamos nossas estimativas para US$ 70 por tonelada com uma forte demanda da China e pouco incremento adicional na oferta”, destaca o relatório enviado a clientes.

O banco calcula que, no nível atual de preço do minério de ferro, a Vale gera US$ 2 bilhões e Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) por mês. Os próximos gatilhos positivos para os papéis são os resultados fortes no curto prazo, carvão, e notícias sobre a volta das operações da Samarco.

“A renovação das expectativas positivas quanto ao preço do minério de ferro ao longo de 2017 e eventos recentes como o anúncio da proposta de acordo de acionistas reforçam nossa visão de curto prazo para a empresa”, explica o Itaú BBA, que tem a Vale em sua carteira Top 5.

Gustavo Kahil
24/02/2017 – 12:32

https://www.linkedin.com/company/moneytimes

Deixe um comentário