Petrobras: CVM determina republicação de demonstrações contábeis

LinkedIn

A CVM determinou o refazimento, a reapresentação e a republicação das demonstrações financeiras anuais completas da Petrobras (BOV:PETR4) para os anos de 2013, 2014, 2015 e 2016, contemplando os estornos dos efeitos contábeis reconhecidos decorrentes a aplicação da contabilidade de hedge. A pratica é regulada no Brasil e Petrobras designa relações de hedge entre exportações futuras altamente prováveis e parcelas de certas obrigações em Dólares, para que os efeitos cambiais sejam reconhecidos ao mesmo momento na demonstração de resultado. A companhia vai recorrer da decisão da CVM.

Outras notícias importantes do dia:

• Neste dia especial do Dia Internacional da Mulher, a ADVFN refaz seu voto de confiança a todas, e poucas, corajosas mulheres que participam de alguma forma ou investem no desafiador mercado financeiro nacional. Muitas oportunidades e excelentes ganhos!.

• A Light será a primeira empresa a aderir voluntariamente às novas cláusulas de qualidade e de sustentabilidade econômico-financeira dos contratos de concessão das distribuidoras. O aditamento traz alterações relevantes no contrato de concessão segundo a companhia, com destaque para um novo detalhamento do cálculo tarifário, menos suscetível a variações englobam os encargos setoriais, os custos de transmissão e a compra de energia.

• O conselho de administração da Par Corretora aprovou uma alteração da marca comercial da companhia. A nova marca será divulgada posteriormente ao mercado.

• A Petrorio aprovou a aquisição de 100% do capital votante da Brasoil do Brasil, sociedade que detém participação de 10% sobre os direitos e obrigações do contrato de concessão do Campo de Manati, que produz atualmente 4,3 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia, oitavo maior campo produtor de gás natural do Brasil.

• O Superior Tribunal de Justiça concedeu a liminar para manter a Cemig na titularidade da concessão da Usina Hidrelétrica de São Simão, em Minas Gerais, nas bases iniciais do contrato de concessão, até a conclusão do julgamento do mandado de segurança.

• Em razão do aumento da participação da Metalúrgica Gerdau no capital ordinário da Gerdau decorrente de permuta de ações com o BTG Pactual, a companhia submeterá à CVM, em até 30 dias, pedido de registro de oferta pública de aquisição de ações, na qual será ofertado à totalidade dos titulares de ações ordinárias (GGBR3) o direito de permutarem tais ações por ações preferenciais (GGBR4) de emissão da Gerdau.

• Abilio Diniz, uma dos maiores acionistas da companhia, confirmou que a varejista francesa Carrefour lançará ações na Bovespa até o final deste ano.

• A MRV registrou lucro consolidado de R$ 574,4 milhões em 2016, queda de 3,5% no ano.

• O banco Santander estima receber 300 milhões de Euros pela venda de 25% que detinha na Allfunds Bank.

Esta notícia foi extraída do Bom Dia ADVFN, newsletter diária divulgada pela ADVFN Brasil, em 08-03-2017. Para receber esta newsletter gratuitamente todas as manhãs em seu email automaticamente, marque a opção “Boletim Noticiário Brasileiro” neste link: Relatórios Financeiros Gratuitos ADVFN

Deixe um comentário