Tesouro Direto suspende venda de títulos públicos até 15h30 após oscilações

Google+ LinkedIn

A continuidade das oscilações dos juros  no mercado fez o Tesouro suspender as operações de compra e venda de títulos federais pelo site Tesouro Direto. Ontem, os negócios foram suspensos durante toda a manhã por conta da disparada dos juros provocada pela crise política e pela ameaça de renúncia do presidente Michel Temer, o que não se confirmou. Hoje, a suspensão ocorreu às 10h42 e deve se estender até as 15h30.

Os juros dos papéis tiveram forte alta ontem, refletindo o receio de mudanças no governo que levem a uma alteração na política econômica, que hoje busca equilibrar as contas públicas e reduzir a dívida do governo. Um dos pontos principais dessa política é a reforma da Previdência, que precisa passar pelo Congresso, e que, com a crise política, pode atrasar ou até fracassar, o que colocaria todo o ajuste fiscal proposto pelo governo Temer em risco.

Ontem os juros dos papéis corrigidos pela inflação, as NTN-B, voltaram para perto de 6% ao ano além do IPCA, com quase 1 ponto percentual de alta. O papel com vencimento em 2024 e juros no final pagava hoje pela manhã 6% ao ano mais IPCA e o 2035, 6,01%.

Esse ajuste provoca perdas elevadas nos papéis que já estão nos mercados, que têm seu preço ajustado para baixo. E quanto maior o prazo, maior a perda. Segundo a Anbima, o IMA-B, que mede o desempenho médio desses papéis, registrou a maior queda desde sua criação em 2003.

Também os papéis prefixados sofreram com a alta dos juros, mas como seu prazo é mais curto, o impacto nos preços foi menor, como mostrou também o IRF-M. As LTN para 2020 tinham juros hoje pela manhã de 10,94% e as para 2023, de 11,84%. A alta dos juros dos títulos acompanha a projeção do mercado de que o BC, por conta da crise, não poderá reduzir tanto os juros da Selic este ano quanto se esperava. A estimativa era uma redução dos atuais 11,25% até 7,5%.

Para o investidor que tem esses papéis em sua carteira, o movimento só se tornará prejuízo se ele vender o papel no mercado neste momento. Caso contrário, o papel continuará rendendo o valor combinado na aplicação. Como um carro, que pode variar de preço todo dia no mercado, mas que se não for vendido não afetará em nada a vida de seu dono.

A Arena do Pavini é um espaço voltado para fornecer informação de valor e promover o aprendizado e a discussão dos principais temas relacionados à vida do investidor. O blog de notícias é pilotado por Angelo Pavini, renomado jornalista econômico, com mais de 20 anos de experiência na cobertura do mercado financeiro e de assuntos ligados a finanças pessoais.

Comentários

  1. janice diz:

    Mas e o valor que perdi???? Não recupero mais, não é ?…. Perdi mais de $700 de ontem pra hoje sobre valor que eu comprei em títulos do IPCA, falam que é um rendimento seguro… mas nessas horas vemos que não é nada seguro, não colocarei mais um centavo nesse investimento, se estivesse perto de resgatar os títulos com certeza estaria quebrada… pensava em fazer uma reserva para minhas aposentadoria em Títulos Públicos, comprando $10.000 por ano, já ví que se eu fizer isso nesse país , vou mendigar nas ruas na minha velhice…

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.