Dollar Week: Dólar subiu 1,15% na vigésima terceira semana de 2017

LinkedIn

Ao longo da vigésima terceira semana de 2017 (segunda semana de Junho), o preço do dólar negociado no Brasil subiu 1,15% ante o real. Foi a décima primeira semana de valorização da moeda norte-americana no ano, contra onze semanas de desvalorização e uma de estabilidade.

O dólar encerrou a semana negociado a R$ 3,2906 para compra e a R$ 3,2921 para venda. Nos últimos cinco pregões, foram dois pregões de alta contra três de baixa.

No mês de junho, após sete pregões, a moeda norte-americana apresenta uma valorização de 1,72%. São quatro pregões de alta contra três de baixa ao longo do mês. No último pregão de maio, o dólar fechou cotado a R$ 3,2357 para compra e a R$ 3,2367 para venda.

Em 2017, após cem e nove pregões, o dólar acumula uma alta de 1,30% ante o real. São cinquenta e cinco pregões de alta contra cinquenta e quatro de baixa, até o momento, no ano. No ano passado, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,2492 para compra e a R$ 3,2497 para venda.

 

Variação diária do dólar na vigésima terceira semana de 2017

Data Compra Venda % Variação Variação
09/06/17 3,2906 3,2921 0,82% 0,0269
08/06/17 3,2637 3,2652 -0,21% -0,0069
07/06/17 3,2714 3,2721 -0,13% -0,0044
06/06/17 3,2760 3,2765 -0,35% -0,0116
05/06/17 3,2866 3,2881 1,03% 0,0335

 

05 de Junho de 2017 – Dólar subiu forte nesta segunda-feira, com investidores já esperando por julgamento da chapa Dilma-Temer no TSE

O dólar comercial subiu forte nesta segunda-feira. Ao longo de todo o pregão, os investidores demonstraram-se cautelosos diante dos possíveis eventos políticos desta semana, como o julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e uma possível delação premiada do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor do presidente Michel Temer, preso no sábado pela manhã.

 

06 de Junho de 2017 – Depois de três pregões seguidos de alta, dólar finalmente caiu nesta terça-feira

Depois de subir nos três pregões anteriores, o dólar fechou em queda frente ao real nesta terça-feira, abaixo do patamar de R$ 3,28, com o mercado aguardando o início do julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

07 de Junho de 2017 – Ainda aguardando resultado do julgamento da chapa Dilma-Temer, dólar voltou a cair nesta quarta-feira

O dólar fechou em queda nesta quarta-feira, com investidores mantendo cautela diante do cenário político brasileiro. Os fatos que marcaram o dia foram o segundo dia de julgamento da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e a repercussão da aprovação, com um placar apertado, da reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado na noite passada.

 

08 de Junho de 2017 – Após três dias de julgamento da chapa Dilma-Temer no TSE, dólar emplacou terceira queda seguida

O dólar virou e fechou em queda nesta quinta-feira, com os investidores acompanhando de perto o terceiro dia de julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e também de olho no cenário externo.

 

09 de Junho de 2017 – Após três dias de julgamento da chapa Dilma-Temer no TSE, dólar emplacou terceira queda seguida

O dólar terminou a semana em alta, próximo da marca de R$ 3,30, com investidores de olho no julgamento da chapa Dilma-Temer. O dia também foi marcado ainda por expectativas em torno do resultado das eleições parlamentares no Reino Unido.

Deixe um comentário