Indicadores Semanais: Bolsa, Dólar, Petróleo&Petrobras

LinkedIn

Dólar – O dólar à vista variou esta semana dos R$ 3,311 de segunda-feira (12) aos R$ 3,287 nesta sexta-feira (16). A pesquisa Focus desta semana manteve inalterada a previsão da taxa do dólar de 2017 em R$ 3,30 e a de 2018 em R$ 3,40.

A taxa de câmbio acumula queda de 0,72% na semana, alta de 1,58% no mês e de 1,14% no ano. Nos últimos doze meses apresenta queda de 9%.

Bolsa – O Ibovespa fechou a semana aos 61.262 pontos, com queda de 0,94%. Acumula queda de 1,73% no mês. Apresenta alta de 2.32% no ano e de 24,72 nos últimos doze meses. O giro financeiro médio da semana foi da ordem de R$ 11,646 bilhões, considerando o movimento atípico de quarta-feira de R$ 22,2 bilhões decorrente do vencimento de opções sobre o Ibovespa futuro. A incerteza gerada pela crise politica em expansão deixa o mercado cauteloso e a bolsa andando de lado. A crise parece não encontrar solução tão cedo. As delações e declarações dos envolvidos nas falcatruas com dinheiro público aumentam as dúvidas sobre o fim da crise e a estabilização dos pregões da bolsa. A flutuação do Ibovespa deve continuar no ritmo atual, segundo muitos analistas. Cautela e prudência domina o espírito dos investidores.

Petróleo & Petrobras – O preço médio do barril de petróleo Brent nesta semana caiu para US$ 47,51. O petróleo Brent fechou o movimento de sexta-feira (16) cotado a US$ 47,27, em baixa de 2,13% na semana e de 6,01% no mês e de 16,47% no ano. Nos últimos doze meses acumula queda de 4,93%. O petróleo WTI, por sua vez, encerrou cotado a US$ 44,77, em queda de 2,38% na semana, de 8,13% no mês e de 17,24% no ano. Nos últimos doze meses apresenta queda de 7,47%.

As ações (BOV:PETR3) ON fecharam a semana cotada a R$13,52. Apresentam queda de 1,82% na semana, de 1,10% no mês e de 20,19% no ano. Nos últimos doze meses apresenta alta de 17,46%. As ações (BOV:PETR4)PN fecharam cotadas a R$ 12,64 com queda de 1,63% na semana, de 2,54% no mês e de 15% no ano. Acumula alta de 34,18% nos últimos doze meses.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o petróleo WTI para julho fechou em alta de 0,63%, a US$ 44,74 por barril. Já na Intercontinental Exchange (ICE), o petróleo tipo Brent avançou 0,96%, a US$ 47,37 por barril. Na semana, no entanto, os dois contratos fecharam no vermelho, com o WTI caindo 2,38% e o Brent recuando 1,62%.

A Statoil, petroleira norueguesa, pretende triplicar sua produção no país e tornar-se operadora de toda descoberta de Carcará, localizada na Bacia de Campos, considerada entre as maiores do mundo. A Statoil investiu mais de US$ 10 bilhões tornando-se uma das maiores petroleiras estrangeiras em operação no país e crescerá ainda mais quando participar de áreas no pré-sal. A Petrobras comunicou quarta-feira (14), corte de 2,3% nos preço da gasolina e de 5,8% no do óleo diesel, atendendo à nova política de preços. O preço do barril de petróleo a US$ 46 e o cambio relativamente estabilizado ao redor de R$ 3,00 permitiram esta decisão, mesmo considerando a atual alta do petróleo e a flutuação do real. A decisão da companhia é reajustar os preços em períodos mais curtos.

Deixe um comentário