Grupo Pão de Açúcar: lucro líquido ajustado sobe 311,7% no 2º trimestre

LinkedIn

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) (BOV:PCAR4reportou lucro líquido ajustado de R$ 412 milhões no segundo trimestre de 2017, crescimento de 311% ante o mesmo período do ano anterior. O dado considera o lucro líquido dos acionistas controladores das operações em continuidade, ajustado pelas outras despesas e receitas operacionais. Reflete, portanto, a operação de varejo de alimentos.

O GPA tem reportado os resultados da empresa de eletroeletrônicos Via Varejo como operação descontinuada em razão da decisão de vender o controle da companhia. O lucro líquido dos acionistas controladores, considerando as operações em continuidade e as descontinuadas, totalizou R$ 165 milhões no trimestre, revertendo prejuízo de R$ 277 milhões de igual período do ano passado.

No acumulado do primeiro semestre, esse lucro chega a R$ 290 milhões ante prejuízo de R$ 326 milhões nos seis primeiros meses de 2016. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) do GPA atingiu R$ 659 milhões entre abril e junho, expansão de 102,4% na comparação anual. Em seis meses, o Ebitda soma R$ 1,174 bilhão, alta de 68,5%.

A companhia divulgou ainda um Ebitda ajustado, que exclui receitas e despesas extraordinárias. O Ebitda com ajuste foi de R$ 967 milhões no segundo trimestre, alta de 73,4% ante o mesmo período de 2016. Excluindo-se o efeito de créditos fiscais, o Ebitda ajustado seria de R$ 520 milhões, 92,8% mais alto que no mesmo trimestre de 2016. O GPA já publicou antecipadamente o resultado de vendas do trimestre. A companhia registrou receita líquida de R$ 10,663 bilhões no varejo alimentar, crescimento de 9,5% na comparação anual.

https://www.linkedin.com/company/moneytimes

Deixe um comentário