Dólar encerra pregão em queda diante de cena política movimentada

LinkedIn

Nesta terça-feira (17), o dólar encerrou o pregão com uma leve queda. O mercado seguiu atento às movimentações no cenário político nacional e também para a possibilidade de o futuro comandante do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, ser mais conservador.

Histórico

Hoje, o dólar encerrou o dia com 0,12% de queda cotado à R$ 3,1680 para compra e R$ 3,1690 para venda.

Em outubro, após 11 pregões, o moeda acumula 0,04% de valorização. São 6 pregões de baixa e 5 alta. No último pregão de setembro, o dólar fechou cotado a R$ 3,1669 para compra e R$ 3,1676 para venda.

Em 2017, após 198 pregões, o dólar apresenta uma desvalorização de 2,48%. São 94 pregões de alta contra 104 de baixa. Em 2016, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,2492 para compra e a R$ 3,2497 para venda.

Influências

Durante o dia, a atenção dos investidores esteve voltada para o cenário político brasileiro e o futuro comandante do banco central americano, Federal Reserve.

Internamente, há uma cautela do mercado em relação a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer. Nesta terça, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados iniciou as discussões sobre o parecer do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) pela rejeição da segunda denúncia contra Temer.

Nos Estados Unidos, Donald Trump se posicionou a favor do economista Stanford John Taylor para comandar o Federal Reserve. A notícia gerou grande expectativas entre os investidores, por se tratar de um nome mais conservador.

O mandato de Janet Yellen, atual chair do Fed, termina em fevereiro de 2018.

Deixe um comentário