Fluxo cambial brasileiro em 2017 acumulou ganhos de US$ 7,180 bilhões até o décimo segundo dia de Novembro

Google+ LinkedIn

De acordo com o Banco Central do Brasil, no período acumulado entre o primeiro dia útil do ano e o sétimo dia útil de Novembro, o volume de entrada de dólares supera o de saída em US$ 7,180 bilhões.

Neste período, foi contabilizado um fluxo negativo de dólares pelo canal financeiro de US$ 37,935 bilhões, fruto de ingresso de recursos no valor de US$ 403,010 bilhões e de retirada de dólares no total de US$ 440,944 bilhões.

No comércio exterior, o saldo acumulado no ano, até 10 de Novembro, encontra-se positivo em US$ 45,114 bilhões, com importações no valor de US$ 119,884 bilhões e exportações totalizando US$ 164,998 bilhões. Ainda com relação às exportações, US$ 24,606 bilhões referem-se a Adiantamentos de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 43,571 bilhões a Pagamentos Antecipados (PA) e US$ 96,822 bilhões a outros tipos de entradas.

Fluxo Cambial Acumulado no Mês

Considerando todos os valores parcialmente acumulados durante o mês de Novembro, o fluxo cambial encontra-se negativo US$ 3,412 bilhões. Saiba mais!

Cálculo do Fluxo Cambial

O cálculo do fluxo cambial brasileiro, saldo entre a entrada e a saída de dólares do país, é composto por dois tipos de contas: a conta comercial, na qual são fechados os contratos de câmbio para operações de exportação e importação, e a conta financeira, que inclui as demais operações de câmbio, como os investimentos estrangeiros diretos, os recursos para aplicações financeiras, as remessas de lucros e dividendos e os empréstimos tomados no exterior.

JL Torres é Sócio-Diretor da ADVFN Brasil. Além de ser um dos principais colaboradores do Jornal ADVFN, também é responsável pelas newsletters Mercado Diário e Semanário Bovespa

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.