Benndorf aponta que não houve grandes alterações no ‘case Multiplus'

LinkedIn

Em relatório assinado pelos analistas Victor Benndorf e Shin Lai, a Benndorf Research afirmou que não observou alterações no “case Multiplus” (BOV:MPLU3). Ela acrescenta que a companhia não conseguiu traduzir o crescimento de 4,4% no futuramente para as demais linhas de balanço.

A corretora aponta que aguarda um cenário sólido para compras da resistência nos $35,50 ou uma reversão positiva no suporte dos $28,00 e alvo técnico nos $40,00 reais. Já para os comprados, ela recomenda a manutenção de exposição (BAIXA) com stop total na perda dos $28,00 reais.

Ebtida

O Lucro Operacional cresceu +4,1% para R$582 mi com a margem em 25,2%, estável sobre 2016 (25,5%), explicado por maiores receitas com volumes de pontos.

Lucro líquido

A última linha do balanço mostrou uma expansão tímida para +0,7%, R$ 517 mi na comparação anual.

Tese de investimentos

A corretora estima para a Multiplus, um crescimento 2018 de cerca de 3% a 5% do lucro líquido, acarretando um LPA de até R$3,34. Crendo que valores de P/L se situem próximo do registrado em períodos recentes, também pela estabilidade operacional e de pagamento de dividendos. A Benndorf acredita ser um preço justo para os ativos do grupo um valor de R$36,84 e com um dividend yield projetado de 8% para o ano de 2018.

Resultado anual

O resultado atingiu R$2,453 bilhões no ano de 2017, valor 4,3% superior ao obtido um ano antes.

Operacional

Segundo a corretora, no ano passado a Multiplus fidelizou 2,9 milhões de novos clientes e emitiu 92 bilhões de pontos, contra 80,7 bi emitidos em 2016 (+14%).

CapturadeTela2018-03-15às15.54.11

Deixe um comentário