Bovespa retoma alta após 4 pregões em queda

LinkedIn

O Ibovespa voltou a apresentar alta. O índice já acumulava 4 quedas consecutivas com o mercado repercutindo a negatividade local.

Histórico

O indicador teve alta de 0,44%, cotado a 71.706,36 pontos. Os papéis do Bradesco (BBDC4ampliaram 5%, os do Itaú Unibanco (ITUB4) também elevaram 5% e os do Santander (SANB11) dispararam 7%.

Após 13 pregões em junho, o índice desvalorizou 6,58%. Houve 4 fechamentos positivos contra 9 negativos. Em maio, o indicador fechou com 76.753,62 pontos.

Já no comparativo com 2017, após 115 pregões, o Ibovespa desvalorizou 6,15%. Já foram 57 fechamentos positivos contra 58 negativos. Ano passado, o índice fechou com 76.402,08 pontos.

Influencias

Nesta terça-feira (19), os Estados Unidos fizeram mais uma ameaça de tarifas sobre a China. Desta vez, o presidente americano, Donald Trump, prometeu impor a tarifa de 10% sobre US$ 200 bilhões em bens chineses. Na mesma direção, Pequim declarou que pode retaliar às medidas do americano.

No Brasil, o mercado segue esperançoso para que os pré-candidatos a presidência tragam boas reformas para o setor fiscal.

Deixe um comentário